Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

Governo realiza 1º encontro do curso de Libras na UFMS

29 Nov 2004 - 15h54
Para discutir as questões que dizem respeito ao ensino da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), através do Departamento de Letras, e a Secretaria de Estado de Educação (SED), através do Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e de Atendimento às pessoas com Surdez (CAS), realizam de hoje até amanhã, no anfiteatro do Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS), o 1º Encontro do Curso de Libras em Contexto, voltado ao universo acadêmico.

Sob o tema “A universidade e o surdo: um encontro inevitável”, o evento discutirá as questões que permeiam o ensino da Libras em todos os níveis de ensino. Cerca de 200 pessoas, entre diretores de escolas que trabalham com alunos surdos, entidades que atuam na formação de instrução dos surdos e representantes de universidades, participam do encontro. “Não basta falarmos sobre inclusão dos surdos apenas no contexto da educação básica. É preciso ampliar as discussões, fazendo uma abordagem, também, do acesso do surdo à universidade”, afirma a coordenadora do CAS, Cícera Celma Cosmo de Arruda.

O 1º Encontro do Curso de Libras em Contexto aborda as perspectivas lingüísticas (caminhos percorridos e os novos desafios) da Libras, sistematização do ensino dessa linguagem e o papel do instrutor surdo e o ensino da Libras. Além disso, haverá a exposição de painéis e mesas redondas e debates sobre a temática da surdez. Entre os ministrantes, estão a professora doutora Maria Emília Borges Daniel, a coordenadora estadual do Programa Nacional de Apoio à Educação de Surdos, professora Shirley Vilhalva, a professora da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), Maria Luiza Arruda de Almeida Serra, além de acadêmicos dos cursos de Letras e Pedagogia e instrutores de libras que atuam na Capital e no interior.

O encontro é uma conseqüência do projeto de extensão da UFMS Libras em Contexto, que, durante todo o ano, ofereceu o curso básico de linguagem de sinais a cerca de 20 alunos dos cursos de Pedagogia e de Letras. O CAS/SED cedeu os profissionais para atuarem no curso, que teve a primeira edição este ano. “Nosso objetivo é formar multiplicadores”, observa o acadêmico de Letras, coordenador do curso e membro da comissão de educação especial da UFMS, Oldemar Cabanhe. Em 2005, o objetivo é expandir o curso para outras licenciaturas e para a comunidade.

As atividades se estenderão hoje pela tarde e noite no Anfiteatro do CCHS da UFMS. Amanhã, será retomado o encontro a partir das 18h. Outras informações pelo telefone 325-6611.
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada