Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Governo quer salário mínimo de R$ 367, diz ministro

21 Nov 2006 - 07h09
O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, afirmou na noite desta segunda-feira que o governo quer que se fixe no Orçamento de 2007 um salário mínimo de R$ 367,00 e não de R$ 375,00 como, inicialmente, foi previsto na proposta enviada ao Congresso.

A mudança de valor se deve à redução das estimativas de inflação e crescimento da economia neste ano, que servem de parâmetro para a correção do valor que vai vigorar a partir abril de 2007.

Pela Lei de Diretrizes Orçamentárias, o salário mínimo deve ser reajustado, no mínimo, pela variação do INPC e pelo crescimento do PIB per capita, o que resultaria em um aumento de R$ 350,00 para 367,00. A proposta de modificação do valor foi apresentada ao relator do Orçamento, senador Waldir Raupp, por Paulo Bernardo e pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, em reunião no Ministério da Fazenda.

O senador, contudo, deixou a reunião afirmando que não pretende reduzir a previsão original de R$ 375,00. Alegou que existem já pressões de centrais sindicais para que se chegue a pelo menos R$ 400,00. "Como vamos reduzir os R$ 375,00, com todas essas pressões? Podemos até cortar (recursos) das emendas, mas reduzir o salário mínimo não dá", declarou Raupp.

 

 

Agência Estado

Leia Também

BRASIL VERDE
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
LIÇÕES DA BÍBLIA
Outras imagens
LIÇÕES DA BÍBLIA
Seu povo especial
REVOLTANTE
Vanessa, de 18 anos, é atropelada e morre após reagir a assédio
LIÇÕES DA BÍBLIA
O livro da aliança
PAVOROSO
Acumulador de lixo transforma rua de cidade modelo em paraíso das ratazanas
JOGOS MORTAIS
Escola envia carta aos pais alertando sobre a série 'round 6'
NAUFRÁGIO
Barco naufraga e duas pessoas desaparecem; buscas continuam nesta segunda (11)
FOTO: REDES SOCIAIS DESCARGA FATAL
Jovem morre ao desligar geladeira da tomada após queda de raio