Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 11 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Governo precisa desburocratizar o crédito, afirma Ramez

6 Ago 2004 - 08h17
O senador Ramez Tebet (PMDB) afirmou hoje, durante entrevista ao programa Capital News, que o produtor brasileiro precisa ser mais atendido com a questão de crédito. “Para desburocratizar o crédito depende de ação governamental. Não precisaria nem Medida Provisória nem Lei. Com portarias internas dos estabelecimento bancários já resolveria”, afirmou.

Ramez considerou “absurda” a situação verificada dentro do Banco do Brasil, que comprou ingressos, a um custo de R$ 70 mil, de um show cuja renda seria revertida para a compra da sede do PT. “É um absurdo o BB gastar 70 mil para construir a sede de um partido, num momento em que se discute a erradicação da fome. Para se tirar um trator leva-se mais de seis meses para conseguir o crédito”, afirmou.

O senador também questionou a forma com que o Banco do Brasil direciona alguns recursos que possui. “Quando se quer patrocínio do Banco do Brasil para qualquer atividade em mato Grosso do sul é a maior dificuldade porque liberam tudo para São Paulo”, explicou.

 

 

Mídia Max News

Deixe seu Comentário

Leia Também

MAIS UM
Vírus com potencial pandêmico é detectado pela Fiocruz no Paraná
VÍTIMAS DE COVID-19
Mãe de médico morre horas após o filho e dois dias após o pai, vítimas da covid
VÍTIMA DE COVID-19
Covid tira de cena um dos últimos montadores do carro brasileiro
CD TRIBUTO AO PADRE ZEZINHO
No ano em Padre Zezinho faz 79 anos, Manoel Caires lança seu primeiro CD 'Tributo ao Padre Zezinho'
PAGAMENTO DO AUXILIO
Confira o calendário para saque em dinheiro do auxílio emergencial
AUXILIO EMERGENCIAL
Governo vai liberar mais 1,5 milhão de auxílios. Saiba como reclamar se o seu for negado
NÚMEROS DA ÚLTIMAS 24H
Os números da covid-19 no Brasil, atualizados diariamente
RECUPERAÇÃO
Dinho Ouro Preto revela sequelas após covid-19, ele já teve gripe suína e dengue
SOS SAUDE
Em 24 horas, nove pessoas morrem em casa pela covid-19 sem atendimento médico
BORA PRA BONITO - MS???
Bonito (MS) irá operar com tarifa de baixa temporada até 18 de dezembro e descontos de até 60%