Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 24 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Governo libera mais R$ 2 bilhões para gastos no orçamento de 2009

21 Nov 2009 - 09h04Por G1

O governo liberou mais R$ 2 bilhões para gastos dos Ministérios no orçamento de 2009, segundo o relatório de receitas e despesas do quinto bimestre, documento que foi divulgado nesta sexta-feira (20) pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Segundo os números que constam no relatório de receitas e despesas do orçamento federal, a previsão para o comportamento das receitas líquidas (após as transferências aos estados e municípios) avançou R$ 329 milhões. Ao mesmo tempo, a expectativa de despesas obrigatórias recuou R$ 1,74 bilhão.

Por conta destes fatores, o Ministério do Planejamento informou que foi possível fazer a nova liberação de R$ 2 bilhões, em gastos, para o orçamento deste ano. Segundo o governo federal, o crescimento da receita se deve, em parte, à "maior possibilidade de arrecadação da receita com dividendos, de um pequeno acréscimo na Receita Própria e nas Compensações Financeiras".

Paulo Bernardo antecipou

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, já havia antecipado, na semana passada, que o governo deveria liberar "um pouco mais de recursos, mas nada explosivo" para o orçamento de 2009 ainda em novembro. Entretanto, não chegou a dizer qual o valor que seria liberado.

 

Em setembro, o governo liberou R$ 5,6 bilhões em gastos por conta da possibilidade de abatimento do PAC da meta de superávit primário - que é a economia feita para pagar juros da dívida pública.

Orçamento ainda não foi todo liberado

Mesmo com a liberação de mais R$ 2 bilhões para gastos neste ano, o orçamento ainda não foi totalmente liberado em relação aos valores aprovados pelo Congresso Nacional. Isso porque, em março, foi feito um bloqueio de R$ 21,6 bilhões. Em maio, foram liberados R$ 9,1 bilhões e, em julho, não houve liberações nem contingenciamento. Em setembro, mais R$ 5,6 bilhões foram desbloqueados. Deste modo, ainda estão bloqueados R$ 4,9 bilhões em relação aos valores de despesas aprovadas pelo Legislativo. 

Previsões

O relatório de receitas e despesas do orçamento também traz previsões para indicadores econômicos, como PIB, inflação, câmbio e juros, entre outros. Para o Produto Interno Bruto (PIB), a expectativa foi mantida em 1% de crescimento neste ano. Com isso, o PIB subiria para R$ 3,04 trilhões. A previsão para a taxa de juros média de 2009 ficou em 9,98% ao ano e, para o câmbio média, ficou em R$ 2,08 por dólar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada