Menu
SADER_FULL
terça, 26 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Governo investe R$ 230 mi na integração viária entre cidades

25 Jul 2006 - 15h06
Visando ao desenvolvimento econômico, integração e melhoria da qualidade de vida nos municípios, nos últimos sete anos o governo tem investido pesado na malha rodoviária do Estado. Uma prova desse compromisso são os cerca de R$ 230 milhões que já foram aplicados na pavimentação asfáltica de 450 quilômetros de ligações entre cidades.

Até 1999 havia em Mato Grosso do Sul pelo menos 16 municípios sem ligação por asfalto. Era o caso de Coronel Sapucaia, Caracol, Bonito, Porto Murtinho, Santa Rita do Pardo, Dois Irmãos do Buriti e Japorã. Todos esses trechos já foram pavimentados, beneficiando diretamente 75 mil pessoas.

Estão em andamento, ainda, outros trechos importantes, como a ligação de Antônio João a Bela Vista (67 quilômetros), a última fase do projeto de pavimentação da MS-384 que foi dividido em três etapas. No total, a MS-384 se estende por 185 quilômetros e estabelece conexão entre os municípios de Antonio João, Bela Vista e Caracol até o entroncamento com a BR-267 (que liga Porto Murtinho à Capital). O governo investe R$ 85 milhões na obra.

Os investimentos nas rodovias do Estado dão nova perspectiva à economia local, diminuem as distâncias entre os municípios e melhoram a vida das populações antes isoladas por caminhos de terra. “Para sair ou chegar a Novo Horizonte do Sul era preciso um planejamento estratégico”, lembra Amarildo Silva Conceição, gerente de um posto de gasolina na entrada do município. “Quando chovia a rodovia era interditada.”

O trajeto de 26 quilômetros que integra o município de Novo Horizonte do Sul à MS-141, rodovia que corta parte do Vale do Ivinhema, pode ser percorrido atualmente em 20 minutos, conta o prefeito do município, Marcílio Álvaro Benedito (PT). “Antes demorava uma hora para chegar a Ivinhema, por uma estrada de areia, agora levamos 20 minutos. Além de diminuir o tempo do percurso até a cidade de Ivinhema, não corremos o risco de não poder viajar quando chove.”

O prefeito ressaltou, ainda, o fato de ter diminuído substancialmente o custo de manutenção dos automóveis. “Após a pavimentação da rodovia, economizamos muito com a manutenção dos automóveis da prefeitura, principalmente ambulâncias que precisam levar pacientes para Ivinhema ou Dourados.”

Foi no governo Zeca do PT que o asfalto chegou também a Bonito, um dos principais destinos do ecoturismo do país, com a conclusão da pavimentação da MS-382. Outras importantes ligações executadas pelo governo Zeca sao entre Maracaju e Itaporã, estabelecendo nova rota da Capital a Dourados; de Jardim a Porto Murtinho, Chapadão do Sul a Costa Rica e Caarapó a Amambai, que está em fase de conclusão e deve ser inaugurada em setembro.
 
 
Agência Popular

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amem o estrangeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS