Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 21 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Governo do Estado eleva em 68% os gastos com publicidade

24 Jun 2010 - 13h35Por Mídia Max
Restam dez dias para acabar junho e o gasto do governo de Mato Grosso do Sul com a publicidade já supera o volume consumido nos 31 dias de maio passado, informa o Portal da Transparência, publicado numa janela do site do governo estadual.

Em maio passado, o Midiamax noticiou que governo pagou R$ 2.819.708,71 às agências de propaganda e publicidade que prestam serviço ao governo quantia maior que a aplicada no mesmo período, por exemplo, na assistência social, cultura, esportes, meio ambiente, planejamento, ciência e tecnologia.

De acordo com o Portal, de primeiro de junho até o dia 18, o governo do Estado já destinou R$ 2.843.993,58 para exibir seu feito por meio da propaganda, o que representa um acréscimo de 68,09% se comparado ao dinheiro consumido do mês de maio. Fracionando a conta pode-se afirmar que os gastos diários com a publicidade do governo beiram a casa dos R$ 157 mil diários.

Os pagamentos, neste mês, concentram-se por meio da agência Remat Marketing & Propaganda Ltda, no valor de R$ 938 mil. Mês passado, Art & Traço e Slogan Publicidade encabeçaram a lista das agências que efetuaram os pagamentos.

Num simples comparativo acerca dos gastos com a publicidade, é possível notar, conforme os dados divulgados pelo Portal da Transparência do governo, que a Defensoria Pública Estadual captou menos da metade do volume do recurso destinado às agências de propaganda.

O governo estadual, segundo o Portal, investiu neste junho R$ 1.105.142,08 na Defensoria – órgão que cuida de causas judiciais de quem não tem recurso para contratar um advogado -, algo em torno de R$ 1,7 milhão a menos do que a verba paga a publicidade e propaganda.

Ainda de acordo com o Portal, nesses 18 dias de junho, o governo arrecadou R$ 169.267.238,08. Mês passado, a arrecadou estadual alcançou 401.615.809,01.

Propaganda antecipada

A publicidade e a propaganda do governo estadual têm sido questionadas já desde a segunda metade do ano passado por meio de debates nas sessões da Assembleia Legislativa.

O deputado estadual Paulo Duarte, do PT, já moveu ações no MPF (Ministério Público Federal) e no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) questionando algumas propagandas estaduais.

Numa das investidas do parlamentar, ele contesta a publicação de agendas confeccionadas pelo Detran, distribuída em escolas. Duas são as questões levantadas do deputado: o valor pago pelo material didático, e a aparição de uma fotografia do governador André Puccinelli, do PMDB, já nas primeiras páginas do livrinho.

Para Duarte, a peça publicitária seria um meio de o governador antecipar sua campanha publicitária. O caso é investigado. Já os parlamentares da base de sustentação do governo Puccinelli, negam a suspeita.

Pela regra eleitoral, a campanha é permitida a partir do dia 6 do mês que vem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência
BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos
VEJA VIDEO
Índio precisa buscar socorro a cavalo após ataque de onça
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filha de 9 anos flagra pai estuprando menina de 5 na lateral da casa
AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio emergencial: 5,6 milhões de pessoas recebem nesta terça-feira
FAMOSIDADES
Luan Santana e Jade Magalhães terminam noivado de 12 anos
CORONAVIRUS NOS ANIMAIS
Gato é o primeiro animal no Brasil que testa positivo para o Coronavirus
ABSURDO
Enfermeiros, fisioterapeuta e médico são afastados após denúncia de estupro na UTI