Menu
SADER_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Governo descobre fraude em seguro para pescadores

30 Nov 2004 - 07h04
O governo federal descobriu um esquema de fraude em cinco colônias de pescadores de quatro Estados envolvendo a verba destinada ao seguro para ajudar os pescadores em períodos de pesca proibida. O governo decidiu suspender todas as carteiras ilegais emitidas do Seguro-Defeso, informou o Jornal Nacional.

As denúncias de emissão ilegal de carteiras profissionais foram registradas em Imbituba e Barra Velha, em Santa Catarina, Salvador, na Bahia, São Paulo do Potengi, no Rio Grande do Norte e Lucena, na Paraíba. O Seguro-Defeso dá direito a um salário mínimo por mês para o pescador quando a pesca é suspensa para o período de reprodução das espécies.

Segundo o secretário especial da pesca, José Fritsch, quem recebeu indevidamente o seguro vai ser processado para devolver. E onde houver a identificação de fraude organizada, o governo acionará a Polícia Federal. A estimativa é que cerca de R$ 30 milhões foram desviados.

Nas colônias investigadas, o governo encontrou pessoas que tiraram carteira de pescador profissional apesar de terem outro emprego. Muitos dos falsos pescadores são, inclusive, funcionários públicos. Agora, o governo vai a investigar também colônias de pescadores do Ceará, de Mato Grosso e de São Paulo.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada