Menu
SADER_FULL
segunda, 10 de maio de 2021
Busca
Brasil

Governo compra mais de 25% da safra de feijão de Rondônia

30 Jul 2004 - 10h15
O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) adquiriu, nos últimos dias, 9,5 toneladas de feijão carioca, em Rondônia. Isso significa que o governo comprou 25% da safra do produto no Estado, num investimento de quase R$ 10 milhões. A compra, segundo a assessoria do ministério, beneficiou cerca de 3,8 mil agricultores familiares, número cinco vezes maior que o registrado no ano passado. Para os próximos meses, o governo federal já prevê novas aquisições.

A compra de feijão começou há duas semanas, quando agricultores familiares formaram filas de carretas para descarregar o produto. Cada saca de feijão com 60 quilos foi vendida a R$ 60 – preço 33% maior que o oferecido pelos atravessadores, que normalmente pagam R$ 45 por saca de feijão. De acordo com o secretário nacional de Segurança Alimentar do MDS, José Baccarin, a ação contribui para regular o preço do feijão, que estava em baixa, e estimular a produção. Segundo ele, a política de compras da agricultura familiar reduz a ação dos atravessadores e garante maior renda aos pequenos produtores rurais, sem que o consumidor seja prejudicado no preço final do produto.

O feijão adquirido em Rondônia vai aumentar o estoque de alimentos e deve compor as cestas alimentares distribuídas para comunidades em situação de risco, como quilombolas, acampados da reforma agrária, índios e vítimas de barragens e enchentes.

Em 2003, o governo federal investiu mais de R$ 6 milhões na compra de produtos da agricultura familiar em Rondônia e no Acre, beneficiando cerca de 650 produtores.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'