Menu
SADER_FULL
quarta, 16 de junho de 2021
Busca
Brasil

Governo amplia o número beneficiários do Bolsa Família

19 Out 2009 - 14h30Por Folha Online
A menos de um ano das eleições de 2010, o governo resolveu ampliar pela terceira vez neste ano a rede de beneficiários do Bolsa Família, principal programa social do governo Lula. A partir desta segunda-feira, 500 mil domicílios foram incluídos no programa, que atinge 12,4 milhões de lares e movimenta R$ 1 bilhão por mês.

O governo nega o interesse eleitoral na expansão e argumenta que segue estimativa feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) com base no Mapa de Pobreza para definir o número de assistidos pelo programa.

Ao todo, 1,3 milhão de famílias passaram a fazer parte do programa em 2009 --sendo 500 mil em agosto e outros 300 mil em maio. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, em 2010, a ampliação do programa deve atingir mais 500 mil famílias, chegando a 12,9 milhões de domicílios.

Além da ampliação no número de família assistidas, em setembro, o governo reajustou em 10% o valor do benefício --sendo que o valor médio concedido passou de R$ 86,00 para R$ 95,00. O aumento significa R$ 99,1 milhões a mais em relação ao pagamento de agosto.

Pelas regras do programa, as famílias recebem entre R$ 22 e R$ 200 por mês, de acordo com o número de filhos e com os benefícios a que têm direito.

Esse foi o terceiro reajuste dos valores em quase seis anos de execução do programa. A primeira recomposição nos valores do Bolsa Família, de 18,25%, ocorreu em agosto de 2007. Em julho do ano passado, o reajuste foi de 8% e em 2009 chegou a 10%.

Apesar de o governo evitar relacionar as mudanças no programa com as eleições, nos bastidores, interlocutores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva reconhecem que as medidas podem dar sustentação à bandeira social da candidatura da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) na disputa pela sucessão presidencial em 2010.

Na avaliação dos assessores, o tema pode dominar os debates eleitorais em 2010. Numa possível disputa com os tucanos, interlocutores do governo estão dispostos a reforçar que o governo Lula fez mais pela área social do que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Para reforçar o êxito do governo Lula no setor, membros do Executivo trabalham na formulação da consolidação das leis sociais --transformando os projetos sociais de seu governo em políticas de Estado.

O objetivo da consolidação é tornar os programas sociais permanentes, evitando que o sucessor de Lula acabe com medidas adotadas pelo petista. O presidente Lula já recebeu aval da AGU (Advocacia-Geral da União) para fazer a medida, uma vez que terá que passar pelo Congresso.

Os ministros Luiz Dulci (Secretaria Geral da Presidência) e Tarso Genro (Justiça) trabalham no texto e devem apresentar em novembro um esboço para o presidente. A proposta deve incluir programas que já receberam aval de deputados e senadores ou que foram lançados por decretos presidenciais.

A expectativa é que estejam na consolidação Bolsa Família, Saúde da Família e Merenda Escolar, além da manutenção do CDES (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social). O conselho é um fórum que reúne integrantes de entidades civis para discussão de temas de relevância nacional.

Nas conversas que tem mantido com os ministros, o presidente tem demonstrado preocupação em como incluir na lei programas que já foram aprovados pelo Congresso e os que foram lançados apenas por decretos presidenciais, como "Territórios da Cidadania" e "Luz Para Todos".

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado
ANTECIPAÇÃO
Governo antecipa pagamento de parcelas do auxílio emergencial
918d8b7fa56ee0a828ae4ad908fedeb3 ATENTADO AO PUDOR
Casal é flagrado fazendo sexo em plena praça pública no dia dos Namorados
TRAGEDIA NA RODOVIA
Jovem morre após desviar de buraco e cair com carro em córrego