Menu
SADER_FULL
terça, 13 de abril de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Governador trata de ferrovia, pólos e UFGD em Brasília

27 Out 2004 - 18h02
O governador Zeca do PT viajou a Brasília, hoje, onde permanece até amanhã tratando de diversos assuntos de interesse do Estado. Na agenda constam audiências com o diretor da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), José Alexandre, para discutir medidas no sentido de apressar a restauração da antiga Ferrovia Noroeste do Brasil, e com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a quem vai relatar as tratativas com empresários bolivianos para implantação dos pólos gás-químicos e minero-siderúrgicos de Corumbá e pedir intervenção para que seja criada com a máxima brevidade a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados).

Em entrevista pouco antes de se reunir com lideranças do PL, hoje pela manhã, no Hotel Bahamas em Campo Grande, o governador demonstrou otimismo com relação aos resultados de mais esta viagem à Brasília. “Vou relatar ao presidente a composição do governo que estamos fazendo aqui. Ele vai gostar disso, com certeza. Vou falar da viagem que, junto com o senador Delcídio, vamos fazer amanhã ao meio-dia à Bolívia, acompanhando um grupo empresarial que está construindo a termelétrica de Corumbá, e vou discutir ações relativas à ferrovia. O presidente é um apaixonado pela ferrovia, o setor nunca recebeu tantos recursos como agora”, resumiu.

Zeca disse que vai mostrar a Lula o projeto do Expresso Pantanal e as fotografias dos vagões turísticos “que já estão prontos em São Paulo”, e pedir celeridade na liberação de recursos para restaurar a estrada-de-ferro entre Bauru (SP) e Corumbá (MS). O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) já abriu uma linha de financiamento superior a R$ 100 milhões para o projeto, mas faltam acertar alguns detalhes burocráticos para que a Brasil Ferrovias tenha acesso ao crédito, explicou Zeca. “Depende de negociações a respeito do passivo da empresa.”

Com a ferrovia em condições de tráfego e a termelétrica gerando energia a baixo custo, estão criadas as condições necessárias para a implantação dos pólos gás-químico e mínero-siderúrgico em Corumbá, ponderou Zeca. “O presidente Lula também tem interesse nos pólos.”

Amanhã, às 11 horas, Zeca vai se reunir novamente com a bancada federal e um dos assuntos a ser tratado é a criação da Universidade Federal da Grande Dourados. O coordenador da bancada, deputado Antônio Carlos Biffi, saliente que o Ministério da Educação já elaborou e encaminhou o projeto ao Ministério do Planejamento, devendo ainda esta semana ser enviado à Casa Civil que, por sua vez, teria a incumbência de remetê-lo, em forma de projeto de lei, ao Congresso Nacional. Mas a tramitação lenta poderia inviabilizar a criação da universidade ainda este ano. A bancada quer que o governador interfira junto ao presidente Lula para que a instituição se dê através de Medida Provisória.
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore