Menu
SADER_FULL
sexta, 3 de dezembro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Governador envia técnicos da Defesa Civil estadual a Coxim

10 Dez 2009 - 16h00Por Notícias.MS

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec/MS) enviou hoje (10) dois técnicos ao município de Coxim, para ajudar a Prefeitura e a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil no levantamento de dados para preenchimento do Formulário de Avaliação de Danos (Avadan). Esse documento é necessário para que o município decrete Situação de Emergência e obtenha o reconhecimento nacional do desastre.

Desde o início da semana, a Cedec já vem prestando apoio técnico ao município nos procedimentos para embasar o processo de decretação de emergência. Conforme determinação feita ontem pelo governador André Puccinelli, hoje foram designados técnicos a Coxim para agilizar a coleta e organização das informações. “Estão sendo feitos os levantamentos para viabilizar o decreto de emergência. Dois técnicos foram designados e já se deslocaram até lá para auxiliar nas avaliações de danos. Esse formulário é necessário para compor o processo, inclusive para obter a homologação do Estado e o reconhecimento do governo federal”, explica o coordenador estadual de Defesa Civil, coronel Ociel Ortiz Elias.

A expectativa do coordenador é que o levantamento seja concluído até o fim da tarde de hoje, para que a prefeita Dinalva Mourão tenha condição de assinar e publicar o decreto emergencial. “Aí sim, o governo coloca toda sua estrutura a serviço de Coxim para ajudar na reconstrução da cidade, bem como ajuda a viabilizar o reconhecimento do governo federal”, completa o coronel Ociel. Reconhecendo que em função do desastre natural o município sofreu danos acima da capacidade suportável, a União poderá liberar recursos de auxílio, procedimento que é feito através da Secretaria Nacional de Defesa Civil, do Ministério da Integração.

Caso seja necessário, o governador André Puccinelli também determinou que lonas, colchões e outros recursos da Defesa Civil sejam colocados à disposição do município.

A Cedec está fazendo um acompanhamento permanente das previsões meteorológicas visando principalmente orientar municípios mais suscetíveis na prevenção a eventuais desastres causados por fortes chuvas. Segundo Ociel Elias, dados do Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul (Cemtec) preveem chuvas acima da média de dezembro a fevereiro. Ele cita cidades banhadas por rios, como Miranda e Aquidauana entre os que requerem atenção preventiva. “Com as informações, nós orientamos as coordenadorias de defesa civil dos municípios, para fazer um trabalho preventivo, identificar o número de famílias em situação de risco, os procedimentos para eventual remoção, lugares onde abrigá-las”.  

 

Leia Também

ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio