Menu
SADER_FULL
domingo, 13 de junho de 2021
Busca
Brasil

Governador envia técnicos da Defesa Civil estadual a Coxim

10 Dez 2009 - 16h00Por Notícias.MS

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec/MS) enviou hoje (10) dois técnicos ao município de Coxim, para ajudar a Prefeitura e a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil no levantamento de dados para preenchimento do Formulário de Avaliação de Danos (Avadan). Esse documento é necessário para que o município decrete Situação de Emergência e obtenha o reconhecimento nacional do desastre.

Desde o início da semana, a Cedec já vem prestando apoio técnico ao município nos procedimentos para embasar o processo de decretação de emergência. Conforme determinação feita ontem pelo governador André Puccinelli, hoje foram designados técnicos a Coxim para agilizar a coleta e organização das informações. “Estão sendo feitos os levantamentos para viabilizar o decreto de emergência. Dois técnicos foram designados e já se deslocaram até lá para auxiliar nas avaliações de danos. Esse formulário é necessário para compor o processo, inclusive para obter a homologação do Estado e o reconhecimento do governo federal”, explica o coordenador estadual de Defesa Civil, coronel Ociel Ortiz Elias.

A expectativa do coordenador é que o levantamento seja concluído até o fim da tarde de hoje, para que a prefeita Dinalva Mourão tenha condição de assinar e publicar o decreto emergencial. “Aí sim, o governo coloca toda sua estrutura a serviço de Coxim para ajudar na reconstrução da cidade, bem como ajuda a viabilizar o reconhecimento do governo federal”, completa o coronel Ociel. Reconhecendo que em função do desastre natural o município sofreu danos acima da capacidade suportável, a União poderá liberar recursos de auxílio, procedimento que é feito através da Secretaria Nacional de Defesa Civil, do Ministério da Integração.

Caso seja necessário, o governador André Puccinelli também determinou que lonas, colchões e outros recursos da Defesa Civil sejam colocados à disposição do município.

A Cedec está fazendo um acompanhamento permanente das previsões meteorológicas visando principalmente orientar municípios mais suscetíveis na prevenção a eventuais desastres causados por fortes chuvas. Segundo Ociel Elias, dados do Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul (Cemtec) preveem chuvas acima da média de dezembro a fevereiro. Ele cita cidades banhadas por rios, como Miranda e Aquidauana entre os que requerem atenção preventiva. “Com as informações, nós orientamos as coordenadorias de defesa civil dos municípios, para fazer um trabalho preventivo, identificar o número de famílias em situação de risco, os procedimentos para eventual remoção, lugares onde abrigá-las”.  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta