Menu
SADER_FULL
domingo, 9 de maio de 2021
Busca
GLÓRIA DE DOURADOS

Glória espera superar 2ª etapa contra poliomielite em duas semanas

17 Ago 2010 - 14h18Por Demerval Nogueira / Fátima News

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) abriu no último sábado, o chamado dia “D”, da 2ª Campanha Nacional de Vacinação Anti-Pólio, com dois postos de atendimento à população gloriadouradense. Um posto de vacinação na Unidade Básica de Saúde Central (UBSC), neste local comandou os trabalhos de vacinação a coordenadora da campanha no município, enfermeira Daiany Cristina Cardoso, o outro posto no Programa Saúde da Família (PSF), localizado na Vila Industrial, nascente, com os trabalhos realizados pela enfermeira Edmara Honório dos Santos e sua equipe.

No município de Glória de Dourados, conforme determinação do Ministério da Saúde (MS), a meta nesta 2ª etapa é de, 116 crianças de 0 a 1 ano. Na outra faixa etária, crianças de 1 a 4 anos, para esta faixa a meta prevista de vacinação é de 517. A coordenadora municipal da campanha nacional contra a poliomielite, enfermeira Daiany Cristina argumenta, “a nossa 1ª meta, crianças de 0 a 1 ano de idade foi cumprida em 100%, inclusive até mesmo superando a meta prevista pelo Ministério da Saúde. Quanto a nossa 2ª meta, isto para as crianças na faixa etária que demanda de 1 a 4 anos, até o momento atingimos 80%”, diz Cristina.

O Ministério da Saúde colocou em ação nesta 2ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, que teve o seu dia “D” no último sábado, com 115 mil postos de vacinação em todo o país, e o slogan “Não Vai Esquecer a Segunda Dose, Hein?” A meta do Ministério competente é imunizar aproximadamente cerca 14 milhões de crianças abaixo de 5 anos, o que representa 95% das crianças brasileiras abaixo de 5 anos e, para tal evidência foram disponibilizados cerca de 24 milhões de doses da vacina. Daiany destaca também, “com referência a 2ª meta, caso de crianças de 1 a 4 anos, com certeza vamos atingir a meta exigida pelas autoridades competentes do setor, ou seja, atingiremos os 100%, com relativa facilidade no decorrer das duas próximas semanas”.

A vacina oral contra a Poliomielite (VOP) é a vacina de escolha no Brasil, com base em considerações sobre riscos e benefícios. A enfermeira-chefe do PSF da Vila Industrial, Edmara Santos dimensiona que a vacina VOP, “induz imunidade intestinal, é mais simples de administrar, é bem aceita pelos pacientes, resulta em imunização dos contatos das pessoas vacinadas e, ainda viabilizou a eliminação da doença causada pelos poliovírus selvagem nas Américas”, constata.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo