Menu
SADER_FULL
domingo, 13 de junho de 2021
Busca
Brasil

Glória de Dourados realiza “arrastão” no trabalho de combate a dengue

25 Mar 2010 - 06h13

A secretaria municipal de Saúde de Glória de Dourados juntamente com a coordenação municipal de Controle de Vetores tem realizado e vem realizando intenso trabalho em toda a área urbana da cidade e também no distrito de Guassulândia. Na primeira quinzena de março foi realizado um mutirão de limpeza na cidade, distrito e bairros do Nova Glória, Conjunto Habitacional da Cohab (BNH) e Altos da Glória, com a participação de Agentes Comunitários de Saúde (Acs), da coordenação de vetores e da Sms, além da participação da secretaria municipal de Infraestrutura (Seinfra), com a participação de motoristas e caminhos para carregar os entulhos que foram juntados pelos moradores, onde várias toneladas foram transportadas para local adequado.

 

 

A secretaria da Sms também se encarregou de distribuir panfletos com explicações sobre a operação e sobre a proliferação do mosquito causador da dengue, além de instruções de como combater a doença. Os agentes de saúde do Pacs e Psf, com a participação de enfermeiros e outros funcionários, bem como, outras entidades que se juntaram em defesa da causa colocaram faixas no prolongamento da Avenida Presidente Getúlio Vargas e também anexaram cartazes em todos os estabelecimentos comerciais e órgãos públicos da cidade, bairros e distrito. Para melhor conscientização da população Gloriadouradense, um veículo de som procedeu à divulgação em todos os setores da cidade, além das informações veiculadas através das duas emissoras de rádio local, também em jornais impressos e eletrônicos.

 

 

A secretária municipal de Saúde, Dra. Lucimar dos Santos realça, “realizamos um trabalho condizente com a realidade e as necessidades e acreditamos que este trabalho vem surtindo efeito altamente positivo, tendo em vista, não somente o recolhimento de entulhos que acumulam água, mas também do grau de conscientização da população”, sacramenta a secretária esclarecendo ainda, “este trabalho não pára por aqui, nós estamos conscientes e atentos, por isto este tipo de trabalho, principalmente o de conscientização e verificação de áreas mais vulneráveis serão averiguadas paulatinamente”.

 

 

Conforme informações do coordenador municipal de Controle de Vetores (Funasa) e especialista na área, Wandeil Ferreira da Silva salienta, “até o momento gira em torno de 37 casos que receberam notificações com a probabilidade da existência de contaminação do vírus causador da doença, entretanto somente o Laboratório central de Campo Grande (Lacen) deve ou não confirmar com veracidade”. Ferreira destaca ainda, “o objetivo é a eliminação do mosquito transmissor, Aedes aegypti, desta forma as aplicações de inseticidas, principalmente nos setores que foram detectados mosquitos e larvas, por enquanto, nove quarteirões estão sendo feitos bloqueios visando à exterminação definitiva”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta