Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 29 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Giuliano entra para garantir vitória do Inter sobre o São Paulo

29 Jul 2010 - 07h44Por Globo Esporte
Foi preciso um jogador sair do banco aos 20min do segundo tempo para o Internacional  conseguir superar a melhor retranca da Copa Libertadores. Na noite desta quarta-feira, em um Beira-Rio lotado, o suplente Giuliano entrou e marcou o gol da vitória da equipe colorada sobre o São Paulo por 1 a 0, no primeiro duelo pelas semifinais da Copa Libertadores.

Agora, o clube gaúcho viaja à capital paulista, na próxima semana, com a vantagem de jogar por um empate para se classificar. Caso marque gols, obriga o adversário a vencer por dois de diferença.

Rogério Ceni teve atuação destacada, ao lado da linha de marcadores que o protegeu. Entretanto, a postura excessivamente defensiva adotada pelo time de Ricardo Gomes não resistiu à pressão do Inter. Giuliano abriu o placar, mas seus companheiros desperdiçaram inúmeras oportunidades de ampliar.

"Não tem nada a ver com erro de marcação, foi mérito do jogador deles que conseguiu girar bem", afirmou o capitão são-paulino sobre o gol do Internacional. Na jogada, o time colorado trocou passes na entrada da área, Giuliano recebeu, girou para cima de Miranda e bateu rasteiro no canto direito de Ceni.

O São Paulo adotou escalação parecida com a qual triunfou sobre o Cruzeiro nas quartas de final, porém com uma diferença de posicionamento. Richarlyson deixou de ser zagueiro pelo lado esquerdo para exercer a função de volante.

Assim, o time paulista procurou povoar o meio-campo, no 4-4-2, já que o Inter deixou Alecsandro isolado como referência no ataque e chegava nos apoios de Taison, D’ Alessandro, Andrezinho e os laterais Nei e Kleber.

Na etapa inicial, praticamente só um time jogou. Os donos da casa tiveram total domínio sobre o adversário, porém com dificuldade para superar a retranca armada por Ricardo Gomes.

Rogério Ceni apareceu em momentos oportunos e defendeu com segurança finalizações de Alecsandro e Taison. D’ Alessandro assustou em uma cobrança de falta.

Os são-paulinos até tentaram armar alguns contragolpes, porém pecaram na criação. Marlos, Dagoberto e Fernandão foram anulados, e goleiro Renan ficou como um mero espectador em campo.

"Esse é o jogo do São Paulo, se fechar lá atrás e esperar para o contra-ataque. Temos que tomar cuidado, porque não vai ser decidido nada aqui", alertou o colorado Alecsandro, na saída para o intervalo.

“Sabíamos que seria uma pressão grande do Inter e viemos com uma proposta humilde de marcar bem. Não sofremos gols e agora, para o segundo tempo, teremos mais espaço porque o time deles vai cansar”, analisou Hernanes, do outro lado.

O cenário do confronto pouco se alterou no começo do segundo tempo. A equipe gaúcha manteve a pressão, porém esbarrou nos marcadores do rival paulista e em Rogério Ceni.

Aos 20min, Celso Roth apostou em Giuliano e foi feliz. Depois de o placar ter sido inaugurado, Ricardo Gomes apostou em Cleber Santana, no estreante Ricardo Oliveira e em Fernandinho, mas sem sucesso. O Inter seguiu no ataque, mas pecou no arremate final

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Covid-19: Brasil tem 142 mil óbitos e 4,74 milhões de casos acumulados
+ CONSUMO
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
Motorista registrou a travessia de uma jiboia na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. FORA DO HABITAT
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio