Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 5 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Giroto participa de reunião pela integração ferroviária entre PR e MS

8 Fev 2011 - 16h15

O deputado federal Edson Giroto (PR-MS) participou da reunião entre os governadores do Paraná, Beto Richa e do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, que ocorreu na tarde de ontem (7), em Curitiba, para concretizar o projeto de integração ferroviária entre os dois estados.

O objetivo é construir um ramal ferroviário interligando a Ferrovia do Pantanal, na região de Maracaju e Dourados (MS), até Cascavel (PR) passando Guaíra (PR), que possibilite a ligação com a Ferrovia Norte-Sul e a toda rede ferroviária do Brasil. Beto Richa enfatizou que “é uma obra fundamental. Além de baratear o custo de escoamento da safra agrícola do Centro-Oeste e Norte do Brasil, vai proporcionar o desenvolvimento econômico e social de toda a região e fortalecerá o Porto de Paranaguá”.

O traçado da ferrovia foi incluso no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-1), do Governo Federal, em 2008, mas o projeto não progrediu.“Agora com a receptividade do governador Beto Richa, os interesses comuns dos nossos estados serão atendidos. Queremos união pela continuação do traçado da Ferrovia Norte-Sul”, disse o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli. A intenção é incluir a obra no Programa de Aceleração do Crescimento 2. O investimento estimando para a obra é de R$ 1,6 bilhão.

Pela proximidade geográfica e pelo volume transportado em outros portos, a saída por trem por Paranaguá é a melhor alternativa para escoar a produção daquela região do Centro-Oeste brasileiro, que chega a 5 milhões de toneladas de grãos, 2,5 bilhões de litros de álcool e 1,5 milhão de toneladas de açúcar para exportação, por ano. “O barateamento do frete que esta ferrovia proporcionará é muito vantajoso para o nosso Estado e a movimentação econômica que os dois estados terão trará muito progresso socioeconômico”, afirma Puccinelli.

 O governador sul-mato-grossense e o deputado federal Giroto estiveram, na semana passada, com o ministro Alfredo Nascimento, dos Transportes, e com o diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Bernardo Figueiredo, para discutir uma adequação do traçado da ferrovia, de forma a atender melhor os interesses do Paraná e do Mato Grosso do Sul.

O próximo passo é marcar audiência entre os parlamentares federais dos dois estados, para defender a ideia, que já foi apresentada a ANTT e ao Ministério dos Transportes. O deputado Giroto participou da reunião e avaliou que o encontro foi um passo importante para que criar um corredor de escoamento rápido. “Com a interligação teremos o Porto de Paranaguá à nossa disposição. Os dois governadores estão empenhados. Beto Richa, governador do  Paraná, afirmou que vai defender o traçado proposto por Mato Grosso do Sul”, enfatizou o parlamentar sul-mato-grossense.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filho de fazendeiro reclama de dor anal e mãe descobre estupro cometido por funcionário
BOA NOTICIA
Governo zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha
RIGOR DA LEI
Cidade vai multar em até R$ 60 mil quem descumprir decreto de combate ao Covid-19