Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 21 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

Geraldo vai convidar Dilma para inaugurar Vila Olímpica Indígena

7 Fev 2011 - 16h53

Deputado quer articular, também, visita do ministro do

 Esporte e do ex-deputado federal Fernando Gabeira

        

O deputado federal Geraldo Resende (PMDB) disse em entrevista à Rádio Grande FM nesta segunda-feira (7) que a presidente Dilma Roussef e o ministro do Esporte Orlando Silva poderão participar da inauguração da Vila Olímpica Indígena de Dourados, provavelmente no próximo dia 19 de abril, Dia do Índio. Outra liderança que deverá ser convidada é o ex-deputado federal Fernando Gabeira, que foi autor, junto com Geraldo Resende, das primeiras emendas que viabilizaram os recursos para o projeto e hoje é articulista do jornal “O Estado de S.Paulo”.

Segundo Geraldo, essa poderá ser a primeira visita da presidente a Mato Grosso do Sul, simbolizando a preocupação do Governo Federal com as nações indígenas “já que será a primeira Vila Olímpica dentro de uma reserva indígena no país”, afirma o parlamentar. Para que a inauguração possa acontecer no Dia do Índio, Geraldo está cobrando o término das obras até o final de marco, para que seja viabilizado, inclusive, um campeonato entre as diversas aldeias de Mato Grosso do Sul.

         Geraldo Resende disse que vai oficializar o convite à presidente Dilma junto ao ministro da Secretaria Geral da Presidência da República Gilberto Carvalho, bem como a outras lideranças políticas próximas à presidente. “O governo do Estado e a Prefeitura de Dourados, que são parceiras na obra da Vila Olímpica também poderão colaborar nessa articulação para que possamos trazer a nossa presidente”.

         Além de ter apoiado a eleição de Dilma Roussef, o deputado Geraldo Resende é da base aliada do governo e foi eleito, recentemente, 1.º suplente da Mesa Diretora da Câmara, fato que vai facilitar nas articulações junto à Presidência da República. O parlamentar também tem uma proximidade muito grande com o vice-presidente Michel Temer, que inclusive avalizou a filiação de Geraldo Resende ao PMDB no ano de 2007.

         “A obra que está sendo construída na Reserva Indígena de Dourados poderá servir, inclusive, de modelo para outras regiões do país, como um ponto de partida nas políticas de combate ao uso de drogas e outras formas de violência”, afirma Geraldo Resende que é autor das emendas que estão viabilizando a obra.

         O projeto

Para tornar possível a implantação da primeira Vila Olímpica Indígena, cujas obras começaram em 13 de maio de 2008, o deputado Geraldo Resende apresentou, no Orçamento Geral da União/2006, uma emenda individual de R$ 400 mil no Ministério dos Esportes e convenceu seu colega Fernando Gabeira (PV-RJ) a destinar uma outra emenda de R$ 300 mil para a mesma obra. Além disso, a Prefeitura investiu, como contrapartida, mais R$ 180 mil, totalizando R$ 800 mil. Em 2008, Geraldo apresentou outra emenda de R$ 750 mil, sendo que o Estado está investindo mais R$ 83.333,33.

A Vila Olímpica Indígena compreende uma área de 29 mil metros quadrados e está sendo dotada de ginásio de esportes de estrutura metálica e vestiário com área construída de 1.116 metros quadrados; um campo de futebol de 5.400 m2; pista de atletismo (2.735 m2); quadra de vôlei de areia (336 m2); e calçamento com 3.252 metros quadrados.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área
SOLIDARIEDADE AO RIO GRANDE DO SUL
De Fátima do Sul e Culturama: Carreta com 17 toneladas de donativos chega a Roca Sales, RS

Mais Lidas

Fotos - João Paulo SerafimEMPREGOS NO MS
Fecularia Eldorado é inaugurada, vai gerar 330 empregos e consolidar industrialização da mandioca
Foto: reprodução internetNOVA FRENTE FRIA
Nova frente fria derruba temperaturas em MS; confira a previsão
Mulher pode ter matado filho na capital paraguaia / Reprodução ABC ColorTRAGÉDIA FAMILIAR
Mãe mata filho de 05 anos enforcado e é achada morta
TRAGÉDIA
Radialista morre após capotamento em rodovia em Mato Grosso do Sul
EXPORAMA 2024EXPORAMA 2024 - VEJA PROGRAMAÇÃO
Com Laço, Rodeio, Shows e entrada franca, prefeita anuncia programação do aniversário de CULTURAMA