Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 8 de maio de 2021
Busca
Brasil

Geraldo Resende discute projetos na saúde

5 Out 2010 - 17h05Por Fátima News com assessoria

O deputado federal Geraldo Resende (PMDB) reuniu-se, nesta terça-feira (5) com a nova secretária municipal de Saúde Denise Nemirovisky. O encontro, que aconteceu na própria secretaria, teve como objetivo propor uma parceria de trabalho para que as pendências em projetos da área de saúde possam ser desentravados e possam sair do papel.

 

         Na reunião, Geraldo Resende externou votos de sucesso e de confiança no trabalho da nova secretária e se colocou à disposição, juntamente com sua assessoria, para auxiliar naquilo que estiver dentro das prerrogativas do parlamentar. “Agradeço e pode ter certeza de que vou solicitar esse auxílio”, salientou Nemirovisky.

 

         No documento entregue à secretária, Geraldo apontou a existência de 14 projetos que se encontram com pendências, alguns deles paralisados, outros em ritmo lento e alguns que sequer foram iniciados. “Temos recursos empenhados em dezembro de 2007, portanto há quase três anos, que ainda não foram utilizados, por determinação do prefeito afastado, com o único objetivo de me prejudicar politicamente”, explicou Geraldo.

 

         Entre os projetos da área de saúde para os quais o deputado pediu o empenho da secretária Denise, está o convênio pelo qual o Ministério da Saúde repassou ao Município R$ 443.487,93, empenhados em 29 de dezembro de 2007, para a compra de equipamentos (mamógrafo e ultrassom) para a futura Clínica da Mulher.

 

         Outro convênio é o de construção da Clínica da Mulher, no Parque Alvorada, que já tem R$ 901.550,00 empenhados desde 31 de dezembro de 2007, cujas obras até hoje não tiveram início. A reforma do Hospital da Vida é outro projeto que ainda não começou, muito embora o dinheiro (R$ 1.346.269,70) já esteja empenhado desde 27 de dezembro de 2007.

 

         A construção da UPA – Unidade de Pronto Atendimento também foi relacionada por Geraldo Resende no ofício entregue à secretária. Esta obra, que faz parte de um programa do Ministério da Saúde, tem R$ 2,6 milhões empenhados desde 15 de setembro do ano passado, dos quais R$ 260 mil já foram liberados para a Prefeitura de Dourados, mas aponta a existência de diversas pendências, como a falta de aprovação no Conselho Municipal de Saúde e da Vigilância Sanitária e falta de licenciamento ambiental.

 

         Geraldo também pediu à secretária o acompanhamento dos projetos de construção de seis novos postos de saúde em Dourados, sendo que quatro já tiveram início, mas estão com obras muito morosas ou mesmo paralisadas. Para quatro destes, o deputado garantiu R$ 1.292.349,60 (R$ 323.087,40 para cada um) garantindo unidades para o Altos da Monte Alegre, Campo Dourado, Jardim Oliveira II e Jardim Guaicurus.

 

O parlamentar explicou, ainda, que conseguiu o empenho de R$ 400 mil, de um total de R$ 800 mil, para a construção de duas unidades básicas de saúde de Porte II no Altos do Indaiá e Vila Industrial, cujas obras ainda não começaram.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo