Menu
SADER_FULL
sábado, 26 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Geraldo Resende assume luta pela mudança de traçado da Ferroeste

2 Jul 2010 - 07h53Por Fátima News, com assessoria

Em reunião realizada com lideranças empresariais, industriais e de classes essa semana, em Naviraí, o deputado federal Geraldo Resende aceitou o chamado e assumiu o compromisso de lutar pela mudança no traçado original da FERROESTE, que hoje passa a 30 km de distância do perímetro urbano da cidade.

A idéia está mobilizando lideres sociais, políticos e comunitários de Naviraí. Um movimento comandado pelos representantes da Maçonaria, entre eles, o empresário Vinícius Andrade, já ganhou o apoio dos veículos de comunicação e de toda a população.

“Eu sempre defendi os interesses de Naviraí no Congresso. Minha relação de parceria com a cidade já rendeu muitos e bons frutos. Não tenho como ficar fora dessa luta agora”, diz Geraldo Resende.

Quando fala da parceria com a cidade, Geraldo se refere à constante luta por recursos federais que já premitiram realizar a reforma do Hospital e a construção de um novo laboratório, entre tantas outras obras importantes para o desenvolvimento da cidade.

“Estamos conseguindo recursos para a construção de um dos mais modernos ginásios de esporte do interior do Estado. Também já conseguimos recursos para resolver um problema crônico de saneamento, no Bairro Varjão. Isso sem falar no asfalto do jardim Paraíso e da Avenida  João Rigonato, na implantação do SAMU e na construção de um posto do programa Estarégia de Saúde da Família”, lembra o deputado.

Agora, literalmente, convocado a se somar à luta que está sendo encabeçada pela Maçonaria e que já reúne dezenas de outras entidades, empresários e lideranças políticas locais, Geraldo assume o compromisso de liderar o movimento no Congresso. O esforço é para mudar o traçado da Ferroeste, obra prevista no PAC II, mas que – no traçado original, passa a trinta quilômetros da cidade de Naviraí.

Líder local do movimento, o industrial Vinicius Andrade (Erva Mate Campanário), disse que a ferrovia é imprescindível para a continuidade do progresso do município de Naviraí, mas que os benefício gerados por ela serão melhor absorvidos caso os trilhos margeiem o perímetro urbano. “O traçado projetado passa há cerca de 30 quilômetros a oeste da cidade.  Nossa luta é para mudar esse traçado e para isso já conseguimos o apoio e a união de toda a sociedade naviraiense. Tenho certeza de que vamos viabilizar o projeto de contrução de um ramal ferroviário para a cidade”, argumenta Vinícius.

A preocupação de todos é com a manutenção do crescimento do parque industrial e o aumento do interesse de novos investidores, pois a ferrovia é um modal de transporte que permite o barateamento de 20 a 30% nos custos de escoamento dos produtos, o que reflete uma redução significativa nos custos de produção também.

“As grandes empresas e exportadoras gostam de investir em municípios que tenham ferrovias e uma cidade pólo como Naviraí, cuja importância regional é inquestionável, não pode ficar a margem deste processo de modernização”, conclui o deputado Geraldo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista registrou a travessia de uma jiboia na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. FORA DO HABITAT
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso