Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 1 de dezembro de 2021
ASSEMBLEIA DEZEMBRO 2021
Busca
Brasil

Geraldo garante reforma da Escola Presidente Vargas em Dourados

10 Nov 2009 - 14h15Por Fátima News, com Assessoria

Deputado deverá apresentar emenda no valor de R$ 1,2 mi; FNDE investirá R$ 1,7 mi e o Estado poderá aplicar mais R$ 1,2 mi

 

 

 

            O deputado federal Geraldo Resende (PMDB) está trabalhando em conjunto com a secretária estadual de Educação Nilene Badeca junto ao Ministério da Educação com o objetivo de viabilizar recursos para a reconstrução da Escola Estadual Presidente Vargas. O parlamentar quer tornar realidade uma proposta que vem articulando desde 2007, que objetiva revitalizar a estrutura do estabelecimento de ensino, mantendo, porém, suas características históricas.

 

Projeto encaminhado ao MEC com essa finalidade prevê investimentos da ordem de R$ 4,2 milhões, dos quais R$ 1,7 milhão deve ser viabilizado junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Por outro lado, Geraldo está entabulando negociações para que o Governo do Estado invista mais R$ 1,250 milhão, assumindo o compromisso de apresentar uma emenda individual ao Orçamento Geral da União de 2010, no valor de R$ 1,250 milhão.

 

         Enquanto acontecem os entendimentos para garantir os recursos, deve estar finalizado, até sexta-feira, o processo licitatório para a escolha do projeto arquitetônico para a reconstrução da escola. Nos próximos dias terá início outra licitação, desta vez para escolher a empresa que vai elaborar o projeto executivo e complementar.

 

         Segundo o deputado Geraldo Resende, o projeto arquitetônico deverá contemplar uma completa reformulação da estrutura física, mantendo, porém, a fachada histórica da escola, atendendo solicitação que vem sendo feita pelo deputado ao governo do Estado desde 2007.

 

         Transferência

 

Em razão dos longos anos sem qualquer reforma ou manutenção de sua estrutura física, a Escola Presidente Vargas tornou-se um verdadeiro escombro, apresentando rachaduras nas paredes, infiltrações, telhas quebradas, banheiros em péssimas condições de funcionamento, bebedouros enferrujados, entre outros problemas.

 

A situação se tornou ainda mais evidente após as chuvas dos últimos dias quando parte da escola ficou alagada, levando a secretária Nilene Badeca a determinar a transferência dos alunos para o prédio da antiga Escola Uedi, até que aconteça a reforma total do Presidente Vargas.

 

Geraldo Resende, que estudou na Escola Presidente Vargas quando garoto, considera que além de seu caráter histórico, o estabelecimento de ensino faz parte da vida de milhares de pessoas que hoje ocupam lugar de destaque na sociedade, tanto em Dourados quanto em muitas outras cidades, em todo o país.

 

 Na avaliação de Geraldo, a situação difícil enfrentada pelos alunos e professores após as últimas chuvas demonstrou o acerto de sua luta e a urgência das providências. “Acertadamente o governo do Estado decidiu pela transferência das aulas para outro local enquanto procuramos agilizar todos os trâmites necessários à garantia dos recursos para a completa reforma do Presidente Vargas”, conclui o parlamentar.

 

 

Leia Também

DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça