Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 28 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Geraldo garante R$ 12,9 mi para Instituto da Mulher e da Criança

26 Jul 2010 - 09h40Por Fátima News

Unidade será construída em anexo ao Hospital Universitário

 

 e vai atender usuários de toda a região

 

 

 

O Ministério da Saúde deverá publicar, em agosto, portaria destinando recursos da ordem de R$ 12,9 milhões, que serão destinados à construção, em Dourados, do Instituto da Mulher e da Criança (IMC) numa estrutura anexa ao Hospital Universitário. A previsão é do deputado federal Geraldo Resende (PMDB), que tem audiência pré-agendada com o ministro José Gomes Temporão para tratar do assunto, no início do mês que vem.

 

 

Segundo Geraldo Resende, que está trabalhando pela viabilização dos recursos, o projeto do IMC já foi aprovado pelo Ministério da Saúde. Falta, apenas, a publicação da portaria que vai garantir os recursos. “Depois de acompanhar a tramitação do projeto, agora vamos trabalhar, junto com a diretoria da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), do Hospital Universitário e da secretaria estadual de saúde, para que possamos ter o dinheiro garantido já no segundo semestre desse ano”, afirma.

 

 

Como será

 

 

Além de funcionar como local de aprendizado para os estudantes do curso de Medicina da UFGD, o Instituto da Mulher e da Criança será a unidade de referência para atendimento na área de saúde para mulheres e crianças de toda a região, como maternidade, exames e cirurgias de alta complexidade, da mesma forma que estruturas hoje existentes na USP (Universidade de São Paulo) e na Unicamp (Universidade de Campinas).

 

 

Segundo Geraldo Resende, que é médico e membro da Frente Parlamentar da Saúde, as mulheres de Dourados e região terão, no IMC, assistência integral à saúde, desde a adolescência até a velhice. Da mesma forma as crianças terão todas as clínicas especializadas no setor de pediatria.

 

O projeto do IMC prevê 42 leitos de enfermaria para Obstetrícia; 16 leitos de enfermaria para Ginecologia; 30 leitos de Pediatria; 10 leitos de pediatria de isolamento; 12 leitos de UTI Neonatal; 22 leitos de UTI Intermediária; 4 leitos de repouso para acompanhante; 6 leitos para isolamento; 8 salas para ambulatório; 6 leitos para Hospital/dia; 4 leitos para observação; 4 leitos para pré-parto, parto e puerpério; 3 salas de cirurgias; 2 salas para partos; 1 banco de leite; 2  salas de reuniões; e um auditório. A área de construção prevista é de 5.200 metros quadrados.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista registrou a travessia de uma jiboia na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. FORA DO HABITAT
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso