Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 13 de abril de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Geraldo diz que povo não pode ser traído duas vezes

29 Set 2004 - 15h28
 

Em todos os encontros que tem com a população, o deputado federal Geraldo Resende (PPS) vem fazendo duras críticas à atual administração municipal em Dourados. Em tom de desabafo, o parlamentar afirma que tanto ele quanto o seu partido e o povo douradense foram enganados porque as propostas administrativas apresentadas pelo PT , através da coligação “Vida Nova Dourados”, na campanha passada, não se tornaram realidade.

As críticas mais recentes foram feitas no comício de encerramento da campanha da candidata a prefeita Bela Barros, realizado segunda-feira à noite no Jardim Água Boa. Falando para um público de mais de 15 mil pessoas, Geraldo Resende (PPS) disse que se sente traído pelo atual prefeito, por ter ajudado a elegê-lo com base em compromissos que acabaram não sendo cumpridos.

Segundo Geraldo Resende, vários foram os itens programáticos abandonados pela atual administração. Citou, por exemplo, o posicionamento crítico que o prefeito Laerte Tetila (PT) e o seu partido adotavam quando estavam na oposição, em relação aos gastos com propaganda. “Hoje o PT gasta rios de dinheiro com publicidade, para divulgar ações que não fez”, lamenta.

Dizendo concordar que o poder público precisa fazer publicidade institucional, Geraldo Resende salientou, no entanto, que a atual administração, além dos gastos excessivos, faz “propaganda mentirosa”, tentando induzir a população a acreditar que tudo o que o poder público fez em Dourados foi iniciativa da Prefeitura. Como exemplo, citou a ativação do Hospital da Mulher, a reforma e ampliação do hemocentro e do hospital indígena “Porta da Esperança”, a ativação do Hospital Universitário, entrega de oito ambulâncias, entre outras.

“A verdade é que as poucas obras públicas feitas aqui, foram com recursos estaduais e federais”, explica o parlamentar, acrescentando que os petistas douradenses adotam a estratégia do nazista Joseph Goebbels, para quem “uma mentira dita mil vezes acaba se tornando uma verdade.

Outro ponto citado por Geraldo Resende é com relação ao que o prefeito, quando na oposição, chamava de “inchaço” da máquina pública. “Além de ter dobrado o número de servidores, o prefeito também duplicou os gastos com funcionalismo”, salienta Geraldo Resende. Por esse motivo, afirma o parlamentar, a atual administração não conseguiu investir em setores essenciais como a saúde, educação e infra-estrutura.

Nesse aspecto, segundo o parlamentar, também entra a questão do desemprego, que na campanha, o atual prefeito propunha combater. “Os únicos empregos criados foram na Prefeitura, e o pior é que os cargos de confiança na atual administração foram dados para pessoas de fora, tendo como condição o fato de terem a carteirinha de filiados ao PT”, diz Geraldo Resende. O objetivo dessa estratégia, ressalta, “é porque os petistas têm que dar 10% de seus salários para o partido, o que está possibilitando a campanha milionária que eles estão fazendo”.

Sobre a taxa de iluminação pública, Geraldo Resende lembrou que o prefeito era um dos principais críticos quando o prefeito era Braz Melo. “Só foi ele ser eleito para reinstituir a taxa, denominada COSIP”, salientou o deputado. “Aliás, o PT está se especializando em fazer tudo aquilo que antes combatia”.

O deputado lamentou ainda o fato de que o atual prefeito prometeu fazer uma “revolução” na saúde em Dourados, mas o que fez foi piorar ainda mais o atendimento no setor. “A prova”, diz o parlamentar, “foram as mortes de 11 mulheres no Hospital da Mulher, somente nos seis primeiros meses deste ano, numa unidade de saúde que eu, enquanto secretário de Saúde, ativei para servir de modelo de atendimento à mulher, a ser reproduzido para todo o país”.

Resende concluiu seu pronunciamento salientando que a população douradense deu a oportunidade para o atual prefeito fazer as mudanças que ele pregou. “Como ele não as fez, está na hora de retomarmos o antigo projeto e colocar no lugar dele e do seu grupo, pessoas que possam tornar realidade o sonho de fazer de Dourados uma cidade mais digna para todos”.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo