Menu
ASSEMBLEIA DEZEMBRO 2021
sábado, 4 de dezembro de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Geraldo defende Murilo na disputa pelo Senado

16 Mar 2010 - 08h20Por Fátima News com Assessoria

O deputado federal Geraldo Resende (PMDB) voltou a defender nesse final de semana que a Grande Dourados tenha um representante, como candidato ao Senado,  na chapa majoritária que será encabeçada pelo governador André Puccinelli. Para o deputado, esse é um antigo sonho da população do centro-sul e da região de fronteira de Mato Grosso do Sul e não pode ser frustrado mais uma vez.

 

 

         De acordo com o parlamentar peemedebista, pesquisas de consumo interno de vários partidos mostram que o candidato ao Senado que atender a esse sonho da Grande Dourados terá uma votação expressiva, com grandes chances de ocupar uma das vagas do Senado nas eleições deste ano.

 

 

         Para Geraldo, o sentimento de que a Grande Dourados precisa de um representante na Câmara Alta foi reforçado com o trabalho que o vice-governador Murilo Zauith vem fazendo nos últimos dois anos. “Torço para que o Murilo seja um dos nossos candidatos a senador, representando o BDR. Se isso ocorrer, vou estar na primeira fila para defender sua eleição e do outro candidato ao Senado, que será o Waldemir Moka”.

 

 

         Geraldo Resende lembra que há cerca de um ano fez um alerta para que as lideranças políticas da Grande Dourados se articulassem para que a região não ficasse fora das chapas majoritárias nas próximas eleições. “Agora, com as negociações adiantadas para que a prefeitura Simone Tebet, de Três Lagoas, seja a candidata a vice do André, precisamos articular rápido para que a outra vaga, ao Senado, seja destinada à Grande Dourados”.

 

 

         Articulação

 

 

         Lembrando que o processo de definição das vagas na chapa majoritária deve acontecer até no máximo a primeira quinzena de abril, Geraldo Resende diz que está convencido de que a chapa que será encabeçada pelo governador André Puccinelli tem amplas condições de eleger os dois candidatos ao Senado.

 

 

         Para conseguir essa vitória, no entanto, Geraldo aponta a necessidade de que haja uma mobilização de toda a Grande Dourados, envolvendo entidades como associações comerciais, clubes de serviços, sindicatos, e das lideranças políticas. Segundo o deputado, outra condição é que haja unidade em torno do nome a ser apresentado pela comunidade regional.

 

 

         “Proponho um trabalho de articulação a fim de que possamos mostrar nossa força junto ao governador André e às lideranças que estão formatando a chapa majoritária, porque na política nada se consegue se não houver um trabalho de convencimento e construção de unidade na defesa de um projeto como esse”, conclui Geraldo Resende.

Leia Também

ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio