Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 13 de junho de 2021
Busca
Brasil

Geraldo defende Murilo na disputa pelo Senado

16 Mar 2010 - 08h20Por Fátima News com Assessoria

O deputado federal Geraldo Resende (PMDB) voltou a defender nesse final de semana que a Grande Dourados tenha um representante, como candidato ao Senado,  na chapa majoritária que será encabeçada pelo governador André Puccinelli. Para o deputado, esse é um antigo sonho da população do centro-sul e da região de fronteira de Mato Grosso do Sul e não pode ser frustrado mais uma vez.

 

 

         De acordo com o parlamentar peemedebista, pesquisas de consumo interno de vários partidos mostram que o candidato ao Senado que atender a esse sonho da Grande Dourados terá uma votação expressiva, com grandes chances de ocupar uma das vagas do Senado nas eleições deste ano.

 

 

         Para Geraldo, o sentimento de que a Grande Dourados precisa de um representante na Câmara Alta foi reforçado com o trabalho que o vice-governador Murilo Zauith vem fazendo nos últimos dois anos. “Torço para que o Murilo seja um dos nossos candidatos a senador, representando o BDR. Se isso ocorrer, vou estar na primeira fila para defender sua eleição e do outro candidato ao Senado, que será o Waldemir Moka”.

 

 

         Geraldo Resende lembra que há cerca de um ano fez um alerta para que as lideranças políticas da Grande Dourados se articulassem para que a região não ficasse fora das chapas majoritárias nas próximas eleições. “Agora, com as negociações adiantadas para que a prefeitura Simone Tebet, de Três Lagoas, seja a candidata a vice do André, precisamos articular rápido para que a outra vaga, ao Senado, seja destinada à Grande Dourados”.

 

 

         Articulação

 

 

         Lembrando que o processo de definição das vagas na chapa majoritária deve acontecer até no máximo a primeira quinzena de abril, Geraldo Resende diz que está convencido de que a chapa que será encabeçada pelo governador André Puccinelli tem amplas condições de eleger os dois candidatos ao Senado.

 

 

         Para conseguir essa vitória, no entanto, Geraldo aponta a necessidade de que haja uma mobilização de toda a Grande Dourados, envolvendo entidades como associações comerciais, clubes de serviços, sindicatos, e das lideranças políticas. Segundo o deputado, outra condição é que haja unidade em torno do nome a ser apresentado pela comunidade regional.

 

 

         “Proponho um trabalho de articulação a fim de que possamos mostrar nossa força junto ao governador André e às lideranças que estão formatando a chapa majoritária, porque na política nada se consegue se não houver um trabalho de convencimento e construção de unidade na defesa de um projeto como esse”, conclui Geraldo Resende.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta