Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 28 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Geraldo comemora início das obras de recuperação da BR-463

28 Out 2009 - 16h04Por Fátima News, com Assessoria

Iniciativa é resultado da articulação do deputado e da bancada

 

 de MS junto ao Estado e Ministério dos Transportes

 

 

O DNIT (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes) iniciou na semana passada as obras de restauração da rodovia BR-463, no trecho de 112 quilômetros entre Dourados e Ponta Porã. Ao todo, o Ministério dos Transportes vai investir aproximadamente R$ 50 milhões para execução dos serviços de revitalização, conservação e recuperação da rodovia.

 

Para o início das obras, o governo federal já liberou um montante de R$ 10 milhões. Conforme o engenheiro-chefe do DNIT em Mato Grosso do Sul, Guilherme Alcântara, o prazo de execução das obras de recuperação da BR-463 é de 24 meses.

 

A restauração da rodovia atende gestões do deputado federal Geraldo Resende (PMDB), que desde o início de 2008 faz intervenções junto ao governo do Estado e DNIT, propondo a recuperação da BR-463. Por ser uma via sob jurisdição estadual, o parlamentar solicitou, em 2007, a refederalização da rodovia, a fim de que a mesma pudesse receber investimentos federais. Com a aprovação da Medida Provisória 452, que autoriza o DNIT a executar obras nas rodovias transferidas a entes da federação, isso agora se tornou possível.

 

Para Geraldo, as obras de recuperação da BR-463 são de fundamental importância para o desenvolvimento de toda a região Conesul do Estado. Segundo o parlamentar, o fato de ser uma rodovia que dá acesso a Ponta Porã e ao vizinho país, o Paraguai, faz da BR-463 uma via estratégica. “Nos dias normais, essa rodovia recebe o fluxo de até cinco mil veículos, número que salta para até três mil nos feriados prolongados e finais de semana, quando turistas de todo o Brasil usam a rodovia para chegar ao Paraguai”, explica.

 

Conforme o deputado federal, os trabalhos de recuperação da rodovia vão possibilitar, ainda, a diminuição do número de acidentes. “É uma reivindicação que a comunidade nos fez há cerca de dois anos. Pela sua importância, essa rodovia tem um tráfego muito grande e já merecia um trabalho de revitalização e melhorias como o alargamento de seu leito e implantação de acostamentos e sinalização. Fizemos inúmeras intervenções junto ao DNIT e governo do Estado e agora estamos sendo contemplados”, enfatiza.

 

Projeto

 

Segundo Guilherme Alcântara, o projeto de revitalização da BR-463 prevê a recuperação da pista e nivelamento do acostamento com o leito da via. Com a restauração, a pista passará a ter 12 metros de largura, proporcionando maior segurança aos usuários, da mesma forma como foi feito na BR-163, entre Vila Vargas e Nova Alvorada do Sul.

 

Também está prevista a instalação de retentores de velocidade e melhorias na sinalização no trecho de perímetro urbano, entre o BNH 4º Plano e a Sitioca Campina Verde, em Dourados. O local é utilizado como ponto de passagem por moradores da região que precisam se deslocar diariamente à cidade para trabalhar e estudar.

 

Leia Também

CARRO DESGOVERNADO
Aluno de 13 anos é atropelado e prensado contra muro de colégio por carro desgovernado
SOB INVESTIGAÇÃO
Amigos saem para pescar e encontram cadáver boiando em rio
DESASTRE AÉREO
Diretor da UPA que sofreu acidente aéreo no Pantanal morre em hospital
COVID-19
Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas
+ AUMENTO
Gasolina sobe pela 8ª semana seguida nos postos, aponta ANP
PAN AMERICANO JUNIOR
Atleta de MS carregará as cores do Brasil no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos Júnior
LIÇÕES DA BÍBLIA
Prefácio de Deuteronômio
ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore