Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

Gasolina pode ter reajuste se petróleo continuar em alta

6 Jul 2004 - 17h12

Os preços da gasolina e do óleo diesel vendidos pela Petrobras continuam defasados, mas só terão novo aumento se o preço internacional se estabilizar em um patamar mais alto do que o atual, disse o diretor de abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa.

Ele informou nesta terça-feira que a empresa reduziu neste mês o preço da nafta em 3,9%, do óleo combustível em 7%, e aumentou em 1,1% o querosene de aviação. Esses produtos são reajustados mensalmente por meio de uma fórmula acertada previamente com os clientes.

Em meados de junho, após um ano e meio sem aumento, a Petrobras elevou o preço da gasolina em 10,8% e do diesel em 10,6%.

"Com esse aumento, a gente recompôs os preços de antes de maio de 2003, quando teve redução de 10 por cento, mas ainda existe uma defasagem que hoje é absorvida pela empresa", disse Costa a jornalistas, após palestra para empresários.

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada