Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 1 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Futuro do prefeito de Cassilândia será decidido amanhã

13 Ago 2007 - 10h31

A Câmara de Vereadores de Cassilândia realiza amanhã, ao meio-dia, a sessão extraordinária que vai votar o parecer da Comissão Processante que aprovou a cassação do prefeito afastado José Donizete Freitas (PT).

O prefeito já foi notificado sobre a sessão e terá duas horas para se defender. Cada vereador terá 15 minutos para se manifestar. Todo o processo vai ser lido pelo 1º. Secretário, vereador Paulo Dalastra (PSDB). A reunião será transmitida ao vivo por uma rádio local e deve demorar de 5 a 6 horas. A votação é secreta.

Como o vereador Celino Araújo (PMDB) não poderá votar porque apresentou a denúncia contra o prefeito afastado, o suplente Adenilson Pereira de Camargo (PTB) vai ser convocado para a votação. Adenilton foi secretário de Turismo na prefeitura e é amigo de José Donizete. Caso não aceite, terá que renunciar ao cargo.

Liminar

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul negou o pedido de suspensão da liminar que afastou José Donizete do cargo de prefeito. Assim, Baltazar Soares (PSDB), que reassumiu a prefeitura na quarta-feira, permanece no comando da administração municipal enquanto Romão Maiorchini (PMDB) voltou à presidência da Câmara. A decisão do desembargador João Carlos Brandes Garcia, publicada sexta-feira, mantém a ação do Ministério Público Estadual, que denuncia Donizete por corrupção.
 
 
Conjuntura Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Fátima do Sul tem mais 04 casos confirmados, sobe para 69 e tem 12 pacientes recuperados
EPICENTRO DA COVID-19
Brasil aproxima de 30 mil mortes pela Covid-19
MEMORIAL
Os brasileiros que perderam a vida na Pandemia do Coronavírus