Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

Furacão faz maior goleada do Brasileiro: 6 a 0 sobre o Goiás

14 Jul 2004 - 07h54
O que faltava ao Atlético-PR nesse Campeonato Brasileiro era convencer seus torcedores de que a equipe tem time para chegar às primeiras posições da tabela. E parece que dessa vez o Furacão conseguiu. Goleou o Goiás por 6 a 0 na Arena da Baixada, na maior goleada do torneio até agora, acabou com a invencibilidade de sete partidas dos goianos e ainda viu Washington, que marcou três vezes, chegar à vice-artilharia da competição, com 10 gols.

Os paranaenses, que agora têm 24 pontos na competição, dominaram a partida durante todo o tempo e não deram chances ao Goiás, que continuou com 23 pontos. Washington e Dagoberto levaram o Furacão pra frente e venceram todas as disputadas com a zaga do Verdão.

O jogo: O Atlético-PR não deu chances ao Goiás desde o primeiro minuto de jogo. Aos sete minutos do primeiro tempo, Dagoberto invadiu a área e o goleiro Rodrigo Calaça impediu aquele que seria o primeiro gol da partida.

O primeiro lance de perigo dos goianos aconteceu apenas aos nove minutos, numa tentativa de Leandro que foi por cima do gol de Diego. A partir daí ficou caracterizado o primeiro tempo: o ataque atleticano vencendo todas as disputas com a zaga goiana e o Verdão só investindo nos contra-ataques.

Aos 28 minutos do primeiro tempo, Dagoberto cruzou forte da direita e a bola desviou no zagueiro João Paulo, enganando o goleiro Calaça.

O Goiás sentiu bastante o gol atleticano e tentou se fechar atrás. Não adiantou muito. Aos 40 minutos, Ilan venceu a disputa contra dois marcadores goianos e tocou para Washington, que não desperdiçou. O Atlético ampliava o placar: 2 a 0.

Ao final do primeiro tempo, o Furacão diminuiu o ritmo da partida e parou de atacar.

No segundo tempo, o Goiás começou melhor, tentanto diminuir a vantagem dos paranaenses. A entrada de Thiago deu mais movimentação ao Verdão.

No entanto, com a defesa aberta, o Goiás não conseguiu impedir que o Atlético ampliasse o placar. Aos 10 minutos, Dagoberto lançou Washington, que chutou no canto direito de Calaça e marcou seu segundo gol na partida. Dois minutos depois, Ilan dribla o zagueiro João Paulo e marca o quarto do Atlético.

Com o placar totalmente desfavorável e a expulsão de Jadílson, aos 15 minutos do segundo tempo, o Goiás ficou completamente vendido em campo. O time tentou partir para o ataque, mas deixou espaços na zaga que o Furacão não desperdiçou.

Os paranaenses ainda marcaram mais duas vezes. Aos 23, Washington ganhou de Thiago na corrida e chutou forte, sem chances de defesa para Calaça. Aos 36, Denis, que substituiu Dagoberto, aproveitou mais uma bobagem da zaga goiana e fechou a goleada: 6 a 0 para o Atlético-PR.

 

Gazeta Esportiva

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada