Menu
SADER_FULL
domingo, 13 de junho de 2021
Busca
Brasil

Funcionários de escola ameaçam paralisar aulas por falta de limpeza

17 Mar 2010 - 17h14Por Dourados Informa
Os funcionários da escola municipal Arthur Campos Mello, localizada na Vila Cachoeirinha, realizam hoje uma assembléia geral com os pais dos alunos, a partir das 19h.

A reunião foi solicitada para resolver questões de manutenção da escola que de acordo com funcionários está desde agosto do ano passado sem efetivo suficiente para tomar conta da limpeza do local.

Apenas dois funcionários trabalham com limpeza na escola, um no período matutino e outro no vespertino. “São apenas duas pessoas para manter limpos o pátio, banheiros, parte administrativa e 13 salas de aula”, relatou uma funcionária que preferiu não se identificar.

Por conta da situação precária, diretora, professoras e funcionários da parte administrativa estão colaborando na limpeza para dar conta de manter a escola em ordem.

“Os alunos são orientados a conservar a sala limpa e muitas vezes, os mais velhos, também colaboram ajudando as professoras na limpeza (...) essa situação se estende desde o ano passado e tem que ter um fim”.

Segundo relatou uma outra funcionária no final de 2009 aconteceu uma reunião avaliativa onde foi decidido que a escola não funcionaria caso o quadro efetivo de funcionários não estivesse completo.

“Nós acionamos várias vezes a prefeitura através da Secretaria de Educação, só que até agora nada foi resolvido (...) a nós só restou tentar resolver por conta e por isso no início deste ano letivo nós fizemos uma parceria com o semi-aberto que nos cedeu quatro albergados para limpar a escola sem remuneração, inclusive três deles eram ex-alunos nossos”.

Alguns pais não gostaram da idéia de ter albergados trabalhando na escola e denunciaram o caso na prefeitura, afirmando que caso os albergados não fossem dispensados, não mandariam os filhos para a escola. Mas conforme relatos de funcionária um rapaz conhecido como “Kleberson” que responde pela área administrativa escolar da Secretaria de Educação estava ciente da situação.

Reclamações feitas pelos pais com relação a sujeira da escola são constantes e por isso a assembléia de hoje foi convocada. “Nós vamos colocar para os pais a problemática que estamos passando e vamos estipular um prazo para que a prefeitura resolva nosso problema (...) se até sexta-feira o quadro de funcionários não estiver completo, na segunda-feira as aulas serão interrompidas”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta