Menu
SADER_FULL
quarta, 1 de dezembro de 2021
Busca
Brasil

Funcionários de escola ameaçam paralisar aulas por falta de limpeza

17 Mar 2010 - 17h14Por Dourados Informa
Os funcionários da escola municipal Arthur Campos Mello, localizada na Vila Cachoeirinha, realizam hoje uma assembléia geral com os pais dos alunos, a partir das 19h.

A reunião foi solicitada para resolver questões de manutenção da escola que de acordo com funcionários está desde agosto do ano passado sem efetivo suficiente para tomar conta da limpeza do local.

Apenas dois funcionários trabalham com limpeza na escola, um no período matutino e outro no vespertino. “São apenas duas pessoas para manter limpos o pátio, banheiros, parte administrativa e 13 salas de aula”, relatou uma funcionária que preferiu não se identificar.

Por conta da situação precária, diretora, professoras e funcionários da parte administrativa estão colaborando na limpeza para dar conta de manter a escola em ordem.

“Os alunos são orientados a conservar a sala limpa e muitas vezes, os mais velhos, também colaboram ajudando as professoras na limpeza (...) essa situação se estende desde o ano passado e tem que ter um fim”.

Segundo relatou uma outra funcionária no final de 2009 aconteceu uma reunião avaliativa onde foi decidido que a escola não funcionaria caso o quadro efetivo de funcionários não estivesse completo.

“Nós acionamos várias vezes a prefeitura através da Secretaria de Educação, só que até agora nada foi resolvido (...) a nós só restou tentar resolver por conta e por isso no início deste ano letivo nós fizemos uma parceria com o semi-aberto que nos cedeu quatro albergados para limpar a escola sem remuneração, inclusive três deles eram ex-alunos nossos”.

Alguns pais não gostaram da idéia de ter albergados trabalhando na escola e denunciaram o caso na prefeitura, afirmando que caso os albergados não fossem dispensados, não mandariam os filhos para a escola. Mas conforme relatos de funcionária um rapaz conhecido como “Kleberson” que responde pela área administrativa escolar da Secretaria de Educação estava ciente da situação.

Reclamações feitas pelos pais com relação a sujeira da escola são constantes e por isso a assembléia de hoje foi convocada. “Nós vamos colocar para os pais a problemática que estamos passando e vamos estipular um prazo para que a prefeitura resolva nosso problema (...) se até sexta-feira o quadro de funcionários não estiver completo, na segunda-feira as aulas serão interrompidas”.

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto