Menu
SADER_FULL
terça, 27 de julho de 2021
Busca
Brasil

Funasa de MS oferece curso Técnico de Enfermagem à indígenas

24 Set 2010 - 11h38Por Dourados News

A Fundação Nacional de Saúde de Mato Grosso do Sul (FUNASA/MS) em parceria com a Escola Técnica do Sistema Único de Saúde "Profª. Ena de Araújo Galvão", oferece a 35 indígenas das regiões de Aquidauana, Miranda, Dois Irmãos do Buriti e Nioaque, um Curso Técnico em Enfermagem para etnia Terena. Durante a manhã de ontem (23/09), quatro alunos foram recebidos pelo Setor de Capacitação (SECAP) para conhecerem o trabalho realizado pela instituição. O Projeto Piloto foi elaborado pela Secretaria de Estado de Saúde com intenção de formar profissionais, aplicando conhecimentos
específicos para auxiliar no atendimento aos índios dessas regiões, sem custo algum.

Uma ampla grade de conhecimentos está sendo aplicada para garantir a qualidade de ensino, formando profissionais competentes e preparados para auxiliar na demanda de atendimento à saúde. O curso é desenvolvido através de modulação, baseado em procedimentos que favoreçam a participação ativa do aluno. As aulas são realizadas no Hotel Chácara do Lago, onde uma confortável estrutura é oferecida para o desenvolvimento teórico. No mesmo hotel, a FUNASA oferece hospedagem, alimentação além do deslocamento necessário para as ações práticas, que são realizadas nos Centros de Saúde dos Bairros Aero Rancho, Vila Almeida, Coronel Antonino, na Santa Casa e no Hospital Regional.

O principal objetivo da capacitação é formar profissionais da etnia Terena para desenvolver tarefas destinadas à área de enfermagem e aumentar a qualidade dos serviços prestados. Além de desenvolver atividades de educação e Promoção de Saúde que permitam a integração de equipes multiprofissionais, o curso oferece oportunidades de profissionalização a jovens e adultos, desenvolve competências
necessárias aos que pretendem atuar como Técnico de Enfermagem no segmento técnico profissional e no nível técnico médio, atuação em Saúde-Educação Profissional.

O Coordenador Regional da Funasa de Mato Grosso do Sul, Flavio Britto, ressalta a importância da formação profissional na área da saúde: "Nosso Estado possui a 2ª maior população indígena do Brasil, somando aproximadamente 68 mil índios. A formação desses profissionais na área de enfermagem possibilita maior atenção às necessidades das comunidades, pois o curso oferece conhecimentos específicos a serem utilizados na atenção básica à saúde indígena", afirma Britto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL - 550.502 MORTES
Covid-19: país ultrapassa 550 mil mortes e tem 19,7 milhões de casos
COVID 19 NO BRASIL
Brasil registra 19,68 milhões de casos de covid-19 e 549,92 mil mortes
Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
COVID 19 NO BRASIL
Brasil tem 1 órfão por covid a cada 5 minutos: 'Pensamos que crianças não são afetadas, mas sim
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica
TRAGÉDIA NO RIO
Barco vira com nove pessoas matando 3 crianças e 3 adultos
REVOLTA
Mulher tem parte do rosto destruído por ataque de pitbull sem coleira; assista