Menu
SADER_FULL
terça, 11 de maio de 2021
Busca
Brasil

"Frustrados" lutam por 1º turno do Campeonato Brasileiro

11 Ago 2004 - 18h02
Fazer no Brasileiro o que ficou pela metade nos torneios disputados no primeiro semestre.

Mais do que a possibilidade de fechar o turno do Nacional como campeão de inverno, Santos, Ponte Preta, São Paulo, Atlético-PR, Goiás e Palmeiras disputam a rodada derradeira do primeiro turno dispostos a passar uma borracha na primeira metade do ano.

Os seis candidatos ao título simbólico do primeiro turno tiveram grandes decepções na temporada e tentam buscar a reabilitação no Nacional de pontos corridos.

Entre os paulistas que brigam pelo topo, Santos e São Paulo mostraram um desempenho similar. Candidatos ao título no Campeonato Paulista, as duas equipes ficaram pelo caminho ao cruzar no mata-mata com o São Caetano, que terminou o torneio como campeão.

Na Libertadores, a história também se repetiu. Santos e São Paulo tombaram contra o até então desconhecido Once Caldas, da Colômbia, e tiveram que adiar o sonho da conquista continental --os dois apostavam em um tri.

A Ponte Preta jogou suas fichas no Estadual, competição que jamais venceu. Fez uma boa campanha na primeira fase, mas foi eliminada pelo Paulista.

O time de Jundiaí foi tão sensação do torneio que eliminou o Palmeiras de forma dramática nos pênaltis. Foi um grande dissabor para os palmeirenses --jogadores foram cobrados por ir a "baladas". Depois da doída derrota para o Paulista na semifinal, o Palmeiras ainda viu o fim da era Jair Picerni após uma surpreendente desclassificação na Copa do Brasil para o Santo André.

O Goiás também luta para se reabilitar diante da sua torcida no Nacional após ficar de fora da decisão do Campeonato Goiano.

A maior força do futebol do Centro-Oeste viu o modesto Crac, de Catalão, levantar o título em cima do rival Vila Nova.

O Atlético-PR, que engrossa a lista do pelotão de frente pela reabilitação no Nacional até que chegou perto do título estadual, mas ficou no quase ao perder do Coritiba. O arqui-rival faz campanha irregular no Brasileiro e está no pelotão intermediário, como quase todos os campeões estaduais.

O grande exemplo de clube que teve um começo de ano promissor e que não vingou no Nacional é o Flamengo. Lanterna da competição, o time de Felipe e Júlio César chegou a duas decisões de título no ano. Após se sagrar campeão em cima do Vasco, o time da Gávea foi ainda finalista da Copa do Brasil contra o Santo André, ficando com o vice-campeonato após perder (2 a 0) no Maracanã.

Em Minais, o Cruzeiro, que em 2003 ganhou tudo o que viu pela frente, também começou bem. Conquistou o Mineiro, mas logo entrou em declínio ao ser eliminado da Libertadores. No Brasileiro, a equipe, que hoje é comandada pelo técnico Marco Aurélio está apenas na 11º posição.

O São Caetano, campeão paulista, também entrou na descendente, o que culminou com a demissão do técnico Muricy Ramalho. Hoje comandado pelo treinador Péricles Chamusca, o time do ABC aparece em 10º lugar.

Na briga pelo título do primeiro turno, o Santos entra em vantagem. Tem os mesmos 38 pontos de Ponte Preta e São Paulo, mas com uma vitória sobre o Vasco em São Januário deve assegurar a ponta --tem uma vitória a mais que o time do Morumbi e um saldo de gols muito superior ao da equipe de Campinas, que levou muito mais gols do que fez.

Ponte Preta e São Paulo, porém, jogam nesta quarta-feira em casa. Os são-paulinos têm teoricamente um jogo mais difícil porque enfrentam um concorrente direto: o Goiás. A equipe de Campinas, grande surpresa do Nacional até agora, enfrenta o instável Vitória.

Atlético-PR e Palmeiras, os outros candidatos, jogarão apenas quinta-feira. Ambos só entrarão em campo com chances de ficar em primeiro lugar se nenhum dos três times que estão na ponta da tabela vencer nesta quarta-feira à noite.
 
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto