Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 4 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Frigorífico inicia hoje abate de avestruzes em Coxim

4 Mai 2007 - 05h50

A cadeia produtiva da estrutiocultura, ou a pecuária do avestruz, começou a ser consolidada em Mato Grosso do Sul com o início dos abates no Frigorífico Margen, em Coxim, o primeiro complexo para avestruz habilitado com Selo de Inspeção Federal pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Os abates começam nesta sexta-feira (4), e o processo de desossa das aves abatidas será realizado em Paranaíba, onde a indústria possui planta também habilitada com SIF para o processo. 
 
O secretário executivo da Câmara Setorial da Avicultura e Estrutiocultura da Seprotur (Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção e do Turismo), Rubens Flavio Mello Corrêa, destaca que a implementação dos abates representam a diversificação da produção da carne no Estado, além de fortalecer a cadeia produtiva da estrutiocultura.
 
“A cadeia produtiva da avicultura já está consolidada, desde a integração, onde a empresa fornece a ave para o criador, pega o animal após 45 dias, leva para o frigorífico e distribui. Com o frigorífico, a criação de avestruz começa a consolidar um importante elo desta cadeia, e já teremos em breve empresas procurando o Estado interessadas em fabricar ração, agregando novos investimentos e consumindo os produtos da agricultura, como os grãos”, comemorou Corrêa.
 
No ano passado, segundo o Ministério da Agricultura, os estabelecimentos com selo SIF abateram no Estado 109,21 milhões de aves em seus quatro frigoríficos habilitados. Já os dois estabelecimentos de suínos foram responsáveis por 642,63 mil animais, e os 36 destinados aos bovinos, por 3,48 milhões de cabeças. 
 
Segundo o Serviço de Inspeção de Produtos Agropecuários da Superintendência Federal de Agricultura do Estado, o frigorífico terá capacidade para o abate de 300 animais/dia, e sua produção poderá ser exportada ou comercializada no mercado interno. Para realizar a fiscalização e acompanhamento dos abates, dois fiscais federais foram especialmente capacitados em São Paulo. 
 

 

Com assessoria 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE TRÁGICO
Vitimas do acidente na BR 177 são identificadas: 3 são da mesma familia
CORRUPÇÃO NA SAUDE
MP aponta 'vergonhosa fraude' e aciona prefeito a devolver R$ 4,136 milhões
BORA PRA BONITO - MS
O que é ecoturismo e porque Bonito, MS?
TRAGEDIA NA RODOVIA
Acidente com 22 veículos deixa 8 mortos e 20 feridos
PERDAS NA PANDEMIA
Morre 5º pastor da Assembleia de Deus vítima da covid-19
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Motorista bêbado atinge carro e mata 4 adultos e uma criança
LIMPA NOME
Serasa lança nova campanha para limpar nome por apenas R$ 100
FÁTIMA DO SUL - LUTO
Morre Pe. Bonfilho, aos 93 anos, ele dedicou 25 anos da sua vida a comunidade de Fátima do Sul
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Ex-vice prefeito, filho e sogra morrem por covid-19 em três dias
CENA DE TERROR
Após ser curado da Covid-19 dentista mata enfermeira e comete suicidio