Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 15 de agosto de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Força Sindical quer que deputados de MS aprovem licença maternidade

16 Ago 2010 - 11h24Por Assessoria

A Força Sindical Regional Mato Grosso do Sul pede aos deputados federais do Estado para que votem favorável à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 64/07, que amplia a licença à gestante de 120 para 180 dias. Os senadores votaram por unanimidade favoravelmente à proposta. Agora, a matéria está na Câmara Federal para ser votada.


"Precisamos do apoio maciço de nossos deputados federais para que essa proposta seja aprovada ainda este ano, beneficiando as mulheres e as famílias de uma maneira geral, de todo o Brasil", comentou Idelmar da Mota Lima, presidente da Força Sindical Regional MS. Ele, que preside a Federação dos Trabalhadores no Comércio de Mato Grosso do Sul – Fetracom/MS e o Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande – SEC/CG, entidade que representa mais de 30 mil trabalhadores só na Capital, sendo a maioria mulheres, disse que as famílias vivem uma expectativa muito grande pela aprovação dessa proposta.


A PEC é de autoria da senadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN) e altera a redação do inciso XVIII do artigo 7º da Constituição. Na prática, estende a todas as trabalhadoras o benefício que havia sido concedido pela Lei 11.770/08 às funcionárias das empresas que aderissem ao Programa Empresa Cidadã. Por essa lei, originada de projeto da senadora Patrícia Saboya (PDT-CE), as empresas que aderissem ao programa teriam benefícios fiscais.


"É preciso que a Câmara Federal aprove a lei para que entre logo em vigor e beneficie as famílias brasileiras", comentou o presidente da Força Sindical MS, que pretende enviar ofício aos deputados federais do Estado, pedindo o empenho deles na aprovação urgente dessa matéria.


Alguns estados, municípios e empresas do setor público já haviam ampliado para seis meses a licença de suas servidoras gestantes, o que passará a ser obrigatório caso a Câmara confirme a decisão do Senado.

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas