Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 8 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

FMI está preocupado com "superaquecimento" da economia brasileira

4 Mar 2011 - 09h08Por Agência Brasil

Após se reunir com a presidenta da República, Dilma Rousseff, o diretor do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, manifestou preocupação com o risco de “superaquecimento” da economia brasileira. Ele foi recebido hoje (3) pela presidenta no Palácio do Planalto.

“É chegado o momento de desacelerar”, sugeriu Strauss-Kahn que disse confiar nas medidas tomadas pelo governo no último mês para conter a inflação. “O risco de superaquecimento ainda existe, mas será gerenciado pelo governo”.

Entre as medidas que agradaram ao FMI está o corte no Orçamento para esse ano de R$ 50 bilhões. Strauss-Kahn também elogiou o Programa Bolsa Família como forma de distribuição de renda. “Crescimento deve ocorrer com inclusão”, disse o diretor do FMI.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento