Menu
SADER_FULL
sexta, 18 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Flamengo tenta acabar com jejum de seis jogos sem vencer

11 Set 2010 - 09h12Por Folha Online

Atual campeão brasileiro, o Flamengo não sabe o que é vencer há seis jogos no Nacional. Para evitar uma crise e se afastar da zona de rebaixamento, o time precisa superar o Vitória neste sábado, às 18h30, em Volta Redonda, pela 21ª rodada da competição.

Além do jejum de vitórias, a equipe carioca também enfrenta a péssima fase de seu ataque. Nos últimos seis jogos, foi às redes uma única vez, na derrota por 2 a 1 para o Guarani, em Campinas, no dia 28 de agosto --e o autor do gol foi Jean, que é zagueiro.

Desde a vitória contra o Ceará por 1 a 0, no Maracanã, pela 14ª rodada, o Flamengo acumula quatro derrotas e dois empates. A direção do clube demitiu Rogério Lourenço e contratou o técnico Silas, ex-Grêmio, mas a situação da equipe na competição não melhorou.

No ataque, passaram Val Baiano, Cristian Borja, Diego Maurício e os recém-contratados Deivid e Diogo, todos sem sucesso. O clube da Gávea tem o pior ataque do Brasileiro, com apenas 14 gols em 20 jogos disputados. Com 22 pontos, ocupa a 16ª colocação, apenas um posto acima da zona de descenso.

Para Silas, o Flamengo precisa entrar em campo hoje como se fosse disputar uma final de campeonato. "Vai ser uma decisão e vindo a primeira vitória, virão as outras", afirmou.

Com Diogo suspenso após a expulsão na derrota por 2 a 0 para o São Paulo, Val Baiano ganhará nova chance entre os titulares. Contestado pela torcida, o vice-artilheiro do Brasileiro de 2009 tenta não se abalar com as críticas, mas admite que a pressão é muito grande.

"Nunca me escondi. Tenho que aceitar as críticas quando elas são construtivas. Acho injusto apenas julgar o Val Baiano pela fase atual da equipe. Tenho conversado muito com minha esposa e considero que estou passando pelo momento mais difícil da minha carreira", declarou o jogador.

Outros desfalques importantes são Léo Moura, suspenso, Williams, contundido, e Renato Abreu, poupado para aprimorar a forma física.

No Vitória, o clima também é conturbado. A direção do clube baiano decidiu demitir o treinador Toninho Cecílio após o empate por 1 a 1 com o Palmeiras, em Salvador, na última quarta-feira. O diretor de futebol Carlito Arine também entregou o cargo na sexta.

Ex-treinador do Prudente, Toninho Cecílio só comandou o Vitória em nove jogos --dois pela Copa Sul-Americana e sete pelo Brasileiro, com duas vitórias, três empates e duas derrotas no Nacional. Ele ocupava a vaga que era de Ricardo Silva, demitido após a perda da Copa do Brasil para o Santos.

Neste sábado, o Vitória será comandado interinamente pelo próprio Ricardo Silva, que havia voltado ao cargo de auxiliar e estava de férias. A diretoria, porém, tenta a contratação de Toninho Cerezo. Com 23 pontos, o Vitória ocupa a 15ª posição na tabela.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caixa com cenouras de boa qualidade 100 DESPERDÍCIOS
Governo cria Rede de Bancos de Alimentos para combater desperdício
Ainda de acordo com a atualização, 567.369 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.753.082 se recuperaram. PANDEMIA
Covid-19: Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 134,9 mil mortes
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa abre 770 agências amanhã das 8h às 12h
Apesar do esforço médico a adolescente não resistiu. DESCARGA FATAL
Adolescente segura extensão de energia e morre após sofrer descarga elétrica
Assaltante magro está com um revólver na mão direito e boné na esquerda TERROR NA RODOVIA
Vídeo mostra ação extremamente violenta de ladrões em Rodovia
As imagens mostram que a vítima estava prestes a sair de moto VIOLENCIA NA CIDADE
Homem é flagrado agredindo e tentando atropelar a ex; veja vídeo
Bolsonaro autorizou estudos para a área. PROGRAMA ASSISTENCIAL
Após desistir do Renda Brasil, Bolsonaro autoriza criação de novo programa social
Bolsonaro com Ricardo Barros APREENSÃO
Gaeco cumpre mandado em escritório de Ricardo Barros, lider do governo Bolsonaro na Câmara
presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) AGORA
Maia testa positivo para Covid-19, informa assessoria do deputado
 Joice Pastre, 27 anos, morreu na última sexta-feira (11) GESTO NOBRE
Família doa órgãos de jovem que sofreu aneurisma cerebral