Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 30 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
JUNINHO DENTISTA NOVO
Brasil

Flamengo bate Vitória e confirma recuperação

3 Set 2004 - 07h26
O Flamengo venceu o Vitória por 2 a 0 nesta quinta-feira, no Maracanã, com gols de André Bahia e Alex Silva, contra, e ganhou duas posições na tabela do Campeonato Brasileiro - é o 17º. Agora com 32 pontos, o time carioca passou o Atlético-MG (30) e o próprio Vitória, que permaneceu com 30.

Na próxima rodada, o Flamnego enfrenta o Internacional, em Porto Alegre, somente na próxima quarta-feira, já que não haverá rodada no fim de semana. Já o time baiano joga na próxima quinta, em Salvador, contra o Fluminense.

O Vitória começou pressionando e criou duas chances em menos de cinco minutos. Aos 2min, Pedro chegou à linha de fundo pela direita e cruzou. Obina se antecipou à zaga do Flamengo e completou à direita de Diego. Três minutos depois, Leandro Domingues passou a bola entre as pernas de Ibson, driblou Júnior Baiano e chutou com perigo, à esquerda do gol do time carioca.

Mesmo com a pressão do time visitante, o Flamengo conseguiu abrir o placar. Aos 8min, Felipe passou para Zinho, que de primeira tocou para Ibson na entrada da área. O meia bate forte e Felipe, goleiro do Vitória, espalmou para escanteio. Na cobrança, realizada por Zinho, aos 9min, André Bahia dominou na marca de pênalti, girou e chutou rasteiro no canto direito: 1 a 0.

Depois do gol, o jogo continuou equilibrado e as duas equipes se alternavam nas jogadas de ataque.

O lateral-esquerdo Roger perdeu duas chances para o Flamengo. Aos 20min, Ibson bateu falta na área, Júnior ajeitou para Roger, que, no bico esquerdo da pequena área, deu uma furada e perdeu o gol. E aos 25min, ele recebeu de Ibson na área e, livre, chutou para lateral. A partir destes lances o jogador passou a ser vaiado pela torcida.

Outro que não vivia uma noite feliz era Felipe. O jogador, que completou 27 anos nesta quinta-feira, ficou nervoso com as seguidas faltas cometidas, o que lhe resultou um cartão amarelo após cometer falta no lateral Fabinho.

A equipe baiana voltou a ameaçar aos 33min. Cléber driblou Júnior pela meia esquerda, levou a bola para o meio e chutou. Diego defendeu em dois tempos.

E com 41min, o mesmo Cléber realizou a última jogada de perigo da primeira etapa. Cléber recebeu de Marcelo Silva na intermediária, avançou mais um pouco e chutou. A bola saiu com perigo, à direita de Diego.

Os dois treinadores mexeram nas suas equipes na volta para o segundo tempo, ambos no ataque. Felipe, sem jogar há 15 dias, saiu para a entrada de Jean no Flamengo, e Gilmar ficou com a vaga de Marcelo Silva no Vitória.

Jean teve sua primeira chance aos 7min. Ele driblou Alex Silva dentro da área, mas chutou fraco, nas mãos de Felipe.

O Vitória ameaçava nos chutes de longa de distância com Cléber e Xavier. Mas aos 23min, de mais perto, dentro da área, Cléber bateu forte e Diego não conseguiu segurar, espalmando para fora da área.

A equipe carioca se fechou na defesa e ainda teve tempo de marcar o segundo, aos 43min. China cruzou da direita, o goleiro Felipe espalmou para frente, mas a bola bateu na cabeça de Alex Silva e entrou.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGEDIA NA RODOVIA
Pedi força a Deus, diz PM que atendeu ocorrência de acidente que matou a própria filha
PREFEITO
Sul Mato grossense perfumeiro desbanca atual prefeito e vence eleição em Foz do Jordão-PR
100 COPINHA
FPF anuncia o cancelamento da Copa São Paulo Junior de 2021
CNH VENCIDA
Motoristas poderão dirigir com CNH vencida por até um ano; entenda
FRENTE FRIA CHEGANDO
Nova frente fria avança sobre o Sul do Brasil
BRASIL - 170.799 MORTES
Brasil tem variação de aumento 29% de Mortes por Covid-19
TRAGEDIA NA RODOVIA
Acidente entre ônibus e caminhão matou 41 pessoas
DISPARO ACIDENTAL
Quando colhia castanhas, Índia de 14 anos é morta com tiro disparado pelo próprio marido
TRAGEDIA NA RODOVIA
Violento acidente entre ônibus e caminhão em rodovia provoca 22 mortes
Zezé Di Camargo canta durante velório do pai, Francisco Camargo, em Goiânia  Foto: Vítor Santana G1 TRISTE PARTIDA
Zezé Di Camargo toca sanfona e canta 'É o Amor' durante velório do pai