Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 27 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Fiems vai instalar Centro de Produção Têxtil em Dourados

4 Fev 2010 - 16h59Por Mídia Max

 
Durante reunião preparatória para o lançamento do Programa Indústria Ativa – Ação Fiems para o Desenvolvimento em Dourados, realizada na manhã desta quinta-feira (4) no gabinete do prefeito Ari Artuzi, o presidente Sérgio Longen definiu a criação do Centro de Produção do Vestuário e Têxtil para desenvolver e ampliar a instalação de indústrias do setor na cidade, gerando mais empregos formais no município. “A Grande Dourados é uma das regiões do Estado que apresenta o maior índice de pessoas prontas para serem qualificadas”, disse.
Segundo o presidente da Fiems, o pólo industrial será erguido em um terreno a ser doado pela Prefeitura de Dourados para a construção de galpões fabris, além de creche para atendimento dos funcionários das empresas instaladas no local, espaço para lazer e atendimentos nas áreas de saúde e segurança do trabalho, uma Biblioteca da Indústria do Conhecimento do Sesi e uma Agência de Formação Profissional do Senai com cursos voltados para o segmento de vestuário e têxtil. “A Fems vai entregar o Centro de Produção pronto e vai articular a instalação de indústrias no local”, informou, revelando que seis empresas de grande porte já estão interessadas em abrir fábricas no local.

Local

Após a reunião, o prefeito Ari Artuzi levou Sérgio Longen para conhecer o terreno de 10 hectares localizado no Bairro Guaicurus e que será doado pela Prefeitura para que a Fiems possa construir o Centro de Produção do Vestuário e Têxtil. “Ainda neste mês de fevereiro vamos encaminhar o pedido de doação da área para ser aprovado pela Câmara Municipal de Dourados para que a Fiems possa iniciar a construção desse pólo industrial”, disse, comprometendo-se em criar leis de benefícios fiscais e tributários específicos para as indústrias que vão se instalar no local e implantar um sistema de transporte coletivo urbano para atender os funcionários das empresas.

Além da Fiems e Prefeitura, a implantação do Centro de Produção do Vestuário e Têxtil de Dourados terá ainda as parcerias com a Fecomércio, Sebrae/MS e Banco do Brasil. Pelo projeto, o Sebrae vai participar, oferecendo assessoria e consultoria na gestão das empresas instaladas no local, enquanto a Fecomércio, por meio do Sesc e Senac, vai implantar um refeitório para atendimento aos funcionários das indústrias do pólo e oferecer apoio aos empresários no desenvolvimento de coleções. Ainda está programada a instalação de uma loja de fábrica no pólo para a divulgação dos materiais produzidos e uma área comum destinada ao showroom para atendimento atacadista.

Programa

O Programa Indústria Ativa – Ação Fiems para o Desenvolvimento prevê para o município um investimento total de R$ 7,8 milhões e, além da construção do Centro de Produção do Vestuário e Têxtil, também está incluído o Projeto Construir, que pretende estabelecer parcerias para o desenvolvimento do Projeto Kit Construção para a habitação de interesse social direcionado às famílias de industriários por meio da realização de cursos pelo Senai nas áreas da construção civil. Ainda no âmbito do Programa Indústria Ativa, ao longo deste ano está programada a realização de 90,8 mil atendimentos do Sesi nas áreas de lazer, saúde e responsabilidade social, a abertura de 2.655 vagas na educação profissional por parte do Senai, de 2.649 vagas na educação básica por parte do Sesi e de 800 vagas de estágio por parte do IEL, beneficiando no total 755 empresas na região. “Com isso, estamos assegurando as bases de uma ação transformadora e renovadora para Dourados, capaz de resgatar o papel de destaque do setor industrial no contexto do Estado”, disse Sérgio Longen.

Ele destaca que a intenção é ampliar o Programa Indústria Ativa – Ação Fiems para o Desenvolvimento para os outros municípios do Estado onde o setor industrial está presente na economia. “A indústria é a força capaz de mover e transformar a economia de Mato Grosso do Sul, consolidando a essência da cidadania e produzindo mais justiça social”, disse, lembrando que ao assumir a presidência da Fiems em maio de 2007, junto com a nova Diretoria, manteve a convicção de que seria possível em pouco tempo lançar as bases para atuar em três pontos essenciais: o fortalecimento da atividade industrial no Estado, o aumento da representatividade do setor nos diversos âmbitos de discussão e o atendimento pleno das demandas e dos interesses da indústria. “Neste período, os investimentos já totalizam R$ 98 milhões para um total de 956.419 atendimentos a 7.005 empresas em todo o Estado”, informou.

Leia Também

SUBINDO
Brasil em 24 horas, foram registradas 487 mortes por Covid 19 e 183.722 novos casos registrados
joao 5 39 examinais as escrituras 2_3 LIÇÕES DA BIBLIA
Quanto Falta para o Fim do Mundo?
TRAGÉDIA NA IGREJA
Confusão em culto termina com pastor e jovem mortos, 4 baleados e casa incendiada
SOB INVESTIGAÇÃO
Lutador é executado com 12 tiros, sua esposa esta grávida
SEU DINHEIRO
Qualquer cidadão pode consultar se tem valores a receber de instituições financeiras; saiba como
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 259 mortes e 83,3 mil novos casos
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Mãe vê partes íntimas vermelha, pergunta e filha de 2 anos aponta paro o tio
ACASALAMENTO DE COBRAS
Casal sucuri acasalando em rio assusta e impressiona turistas; veja vídeo
MEIO AMBIENTE
O número médio anual de relâmpagos do país aumentará para 100 milhões
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, Brasil registrou mais 135.080 casos e 296 mortes por covid-19