Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 24 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Fiems revela que 94% da energia produzida em MS é de origem renovável

9 Nov 2009 - 14h29Por Fátima News, com Assessoria

O levantamento aponta que apenas 469,5 MegaWatts da capacidade de geração instalada é de origem fóssil

 

 

Levantamento do Radar Industrial da Fiems aponta que 94% dos 7.826,5 MW (MegaWatts) da capacidade de geração de energia instalada atualmente em Mato Grosso do Sul é de origem renovável, o que representa 7.357 MW, restando apenas 469,5 MW de energia de origem fóssil. Desse total, 6.740,8 MW são provenientes de usinas hidrelétricas, 464,7 MW do gás natural, 427,4 MW de biomassa e 182,8 MW de pequenas centrais hidrelétricas.

 

 

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, destaca que esses números comprovam que o desenvolvimento sustentável é a base do setor produtivo de Mato Grosso do Sul que vem contribuindo para o fortalecimento e a modernização da economia estadual. “Hoje, as indústrias sul-mato-grossenses adotam ações de responsabilidade sócio-ambiental por entender que esse é o novo modelo de desenvolvimento adotado em todo o planeta”, destacou.

 

 

Para reforçar esse novo posicionamento do setor industrial, Sérgio Longen informa que o Sistema Fiems desenvolve o Projeto de Eficiência Energética, que é realizado pelo Senai em parceria com o Sebrae e tem por objetivo diagnosticar as instalações elétricas das indústrias do Estado, além de analisar o consumo de energia, para embasar a execução de medidas que reduzam os gastos com a energia elétrica. “Neste ano de 2009, o projeto atendeu 42 empresas e a meta para 2010 é elevar levar o Eficiência Energética para mais 100 empresas”, detalhou.

 

 

Empreendimentos

 

 

Ainda conforme o Radar da Fiems, o Estado possui no total 46 empreendimentos em operação, representando um aumento de 31,5% no número de geradores de energia em relação ao ano passado, quando eram 35 empreendimentos. Além disso, está prevista para os próximos anos uma adição de 1.991,7 MW na capacidade de geração instalada no Estado, provenientes de oito empreendimentos atualmente em construção e mais 18 com sua outorga assinada.

 

 

A capacidade geradora renovável de Mato Grosso do Sul encontra-se distribuída em usinas hidrelétricas, usinas termelétricas e pequenas centrais hidrelétricas. Conforme o Radar da Fiems, 86,13% da energia é proveniente da usinas hidrelétricas de Ilha Solteira, Jupiá e Porto Primavera, na divisa com São Paulo, e de Ponte de Pedra, na divisa com Mato Grosso, além de Salto Mimoso, exclusivamente em território sul-mato-grossense.

 

 

Já 11,46% da energia é proveniente de usinas termelétricas, todas em território sul-mato-grossense, enquanto 2,34% é proveniente das pequenas centrais hidrelétricas de Aquarius e Santa Gabriela, na divisa com Mato Grosso, e a de Planalto, na divisa com Goiás. Além disso, o Estado conta ainda com mais seis PCHs, todas localizadas dentro do seu território. Essa capacidade geradora instalada coloca Mato Grosso do Sul na 8ª posição entre todas as Unidades da Federação, perdendo apenas para os Estados de São Paulo (22.679 MW), Minas Gerais (18.478 MW), Paraná (17.732 MW), Bahia (9.093 MW), Goiás (8.787 MW), Pará (8.716 MW) e Rio de Janeiro (7.873 MW).

 

 

Potencial energético em expansão

 

 

Estudo elaborado pela EPE (Empresa de Pesquisa Energética) do Ministério de Minas e Energia aponta que até 2015 o potencial energético de Mato Grosso do Sul terá um adicional de 4.208,4 MW. Para tanto, o levantamento considerou a entrada em operação de mais 78 agentes geradores de energia, sendo 12 PCHs, três usinas hidrelétricas, 61 termelétricas a biomassa e duas termelétricas a gás natural.

 

 

Com base no consumo estadual apresentado atualmente, que é de 3.721,9 MW, o potencial energético adicional considerado pelo estudo da EPE seria 9,9 vezes superior a atual demanda/consumo de todas as classes consumidoras de Mato Grosso do Sul. Para se ter uma noção, o setor residencial tem um consumo previsto de 1.028,1 MW para este ano, enquanto o setor industrial fechará o ano com consumo de 639 MW.

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada