Menu
SADER_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

Fiems envia à China missão de 16 empresários e líderes

5 Out 2010 - 13h46Por Assessoria
Missão empresarial da Fiems, organizada pelo CIN (Centro Internacional de Negócios), vai levar 16 pessoas, entre empresários e lideranças corporativas, para participar da 108ª edição da Canton Fair e da Expo Shanghai 2010 de 8 a 19 de outubro na China.

Responsável pela coordenação do grupo, o superintendente do IEL (Instituto Euvaldo Lodi), Bergson Amarilla, informou que a comitiva é formada por lideranças corporativas dos segmentos industriais metalmecânico, têxtil e confecção e alimentos. “É uma missão voltada para a prospecção de negócios na China e o nosso foco está voltado para a tecnologia e para a inovação”, disse, acrescentando que a ação tem o apoio do Governo do Estado, por meio da Seprotur (Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria e do Turismo) e do Fai (Fundo de Apoio à Industrialização), e Sebrae-MS.

Hoje de manhã, foi realizada uma reunião de alinhamento da missão empresarial da Fiems ao mercado asiático. “Na oportunidade, nós apresentamos o detalhamento da missão e abrimos para que os integrantes pudessem tirar dúvidas com a representante da agência de viagens”, explicou o superintendente do IEL.

O presidente do Simemae (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Mato Grosso do Sul), Irineu Milanesi, que também integra a missão empresarial, afirma que a viagem tem como objetivo a busca por novas tecnologias que hoje a China detém no setor industrial. “Queremos obter esse conhecimento na área e, quiçá, trazer para cá em benefício da nossa indústria.

Hoje, a China trabalha muito forte nos segmentos da metalurgia, do vestuário e da alimentação e existe uma oportunidade muito grande para trazermos novos conhecimentos nessas áreas para o nosso Estado”, declarou.

O gerente-regional da Rede Comper, Rodrigo Costa, que também vai integrar a missão, disse que a expectativa da rede de supermercados será conhecer de perto o maior mercado do mundo. “Também vamos aproveitar para verificar as novas tendências do mercado mundial de alimentação e as tecnologias do setor”, pontuou.

O empresário Claudino Rubbo, proprietário da Rubbo Confecções, disse que a expectativa de participar da missão empresarial é muito grande. “Não conheço nada lá, vou ver o que dá para conseguir lá para o meu segmento, pois trabalho com a fabricação de uniformes e sei que a China detém muita tecnologia nessa área”, informou.

O grupo embarca na manhã da próxima sexta-feira (08/10) no Aeroporto Internacional de Campo Grande e retorna no dia 19 de outubro. A missão empresarial à China terá duração de 16 dias, incluindo o período de deslocamento até a Ásia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada