Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 25 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Fiat é a única a ter queda nas vendas globais

16 Mar 2011 - 05h20Por Exame
Entre as dez maiores montadoras do mundo analisadas pela consultoria Jato Dynamics, a italiana Fiat foi a única a apresentar queda nas vendas neste ano – um tombo de 6,9% em relação a janeiro de 2010. A Fiat ficou com a última posição no ranking.

No topo, está a alemã Volkswagen com o maior índice percentual de aumento entre as marcas, com 29,8% se comparado a janeiro de 2010, num total de 417.521 unidades vendidas no mês. A Toyota está em segundo lugar com um aumento tímido de 0,5% e a Ford em terceiro, com aumento de 14%.

Posição

Marcas

jan/10

jan/11

Variação (%)

1

Volkswagen

321.632

417.521

29,8

2

Toyota

392.438

394.350

0,5

3

Ford

284.504

324.243

14

4

Chevrolet

258.699

300.615

16,2

5

Nissan

233.325

264.320

13,3

6

Hyundai

227.851

243.509

6,9

7

Honda

220.272

225.514

2,4

8

Kia

117.619

139.295

18,4

9

Renault

127.582

135.308

6,1

10

Fiat

143.470

133.599

-6,9

O mercado global automotivo em janeiro de 2011 teve mudanças. A China começa o ano como a líder disparada no mercado com crescimento de 16,8% em comparação ao mesmo período de 2010, ultrapassando a marca de 1,4 milhão de automóveis.

 

Em segundo lugar aparecem os EUA, com aumento de 17,2%, e em terceiro o Japão, apesar da queda de 16,6%. Os dados chineses incluem apenas veículos de passeio. Para o restante dos países os números englobam carros e comerciais leves.

 

A Índia que, no fechamento de 2010, obteve o 7º lugar no ranking de países, aparece no primeiro mês do ano em 4º lugar, com aumento de 23,8% nas vendas de veículos. O mercado indiano está na frente de Brasil e Alemanha, que obtiveram aumento de 14,1% e 17,5% em relação a igual período no ano anterior, respectivamente. A França apresentou aumento de 8,2%, ficando em sétimo lugar.

 

A Itália e a Grã-Bretanha mostram trajetória de queda com vendas 19,6% e 7% menores, respectivamente. A Rússia fecha o ranking em décimo lugar, com significativo aumento de 72,1% no período.

 

“Existe no momento a expectativa quanto aos recentes acontecimentos no Japão, pois as montadoras japonesas suspenderam a produção nas fábricas em áreas atingidas pelo terremoto e tsunami na sexta-feira, 11 de março”, afirma João Carlos Rodrigues, diretor de Vendas de O&M/Concessionárias da Jato Dynamics do Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Covid-19: Brasil registra 1.541 mortes em 24 horas
MUNDO DO CRIME
Após morrer de Covid-19 no mesmo dia, casal tem oficina invadida e furtada
TRISTEZA NA FAMILIA
Pai e filho morrem de Covid-19 com poucas horas de diferença
CNH GRÁTIS
CNH Grátis: 8 mil carteiras gratuitas liberadas pelo DETRAN; inscreva-se
FINAL DA COPA DO BRASIL
Quem será o campeão da Copa do Brasil?
DIVIDA PÚBLICA
Dívida pública sobe em janeiro e atinge R$ 5,06 trilhões
ALÔ NAÇÃO RUBRO-NEGRA
VÍDEO: 'Jorge' o Urubu queridinho de Culturama viraliza nas redes sociais da Nação Rubro-Negra
LOCKDOWN
Com explosão de casos de covid, e 14 deputados infectados A. Legislativa volta a fechar as portas
BRASIL - 248.529 MORTES
Covid-19: Brasil registrou 62.715 infectados em 24 horas
SONAMBULA
Fisioterapeuta cai de janela de hotel após crise de sonambulismo