Menu
SADER_FULL
quinta, 21 de outubro de 2021
Busca
Brasil

FIA nega possibilidade de cancelar GP Brasil em 2007

28 Set 2006 - 17h09
O delegado de segurança da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), o inglês Charlie Whiting, afirmou nesta quinta-feira em Xangai que não existe risco algum em relação ao futuro do GP do Brasil. Depois de a Prefeitura de São Paulo atrasar a execução das obras solicitadas pela FIA para a melhoria de Interlagos, surgiram rumores de que a corrida sairia do calendário de 2007.

“Temos sido informados regularmente sobre o andamento dos trabalhos e, como sempre nos últimos 25 anos, tudo deverá ficar pronto em cima da hora, ao menos confiamos nisso”, disse o dirigente.

Não haverá, da mesma forma, nenhuma multa da FIA por a Prefeitura não ter entregue o autódromo para a empresa promotora e organizadora, a Interpro, 30 dias antes da corrida. “O fato de não irmos vistoriar a reforma não significa que não a estamos acompanhando.”

Poderia até haver alguma sanção se houvesse o comprometimento da prova do dia 22. “O que não parece ser o caso pelo que tenho recebido de informações”, disse Whiting. “Além do que, as obras programadas não são grandiosas.” Para seu assistente, Herbie Blash, não há razão para o drama criado.

Atraso atrapalha

O atraso, reconhece a FIA, não deixa de atrapalhar bastante uma série de atividades dos organizadores. Recapear o S do Senna a menos de três semanas do evento, por exemplo, é uma demonstração da falta de planejamento da Prefeitura com relação a suas obrigações com o GP do Brasil, já que ela se comprometeu a investir todo ano cerca de US$ 8 milhões para ter na cidade o seu único grande acontecimento esportivo internacional, ao menos de forma regular.

O diretor da Interpro, Tamas Rohonyi, manifestou em São Paulo sua preocupação com o andamento dos trabalhos, mas já havia descartado as especulações envolvendo punições aos responsáveis pelo autódromo de Interlagos. “Existe, de fato, um problema. Não significa, no entanto, que a FIA, apesar de estar mais exigente do que nunca, irá multar alguém.”

Whiting lembrou, em Xangai, sua autoridade para aprovar ou mesmo impedir de um Grande Prêmio ser realizado a partir das condições do circuito. “Mas não é esse o quadro que vivemos, hoje, com a etapa de São Paulo.”

Na terça-feira, o presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), Paulo Scaglione, disse ter recebido uma carta da FIA em que a entidade ameaçava o País de perder a prova por causa dos atrasos na organização em Interlagos.

 

Estadão

Leia Também

VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro
AUXILIO EMERGENCIAL
Presidente está de acordo a prorrogação do auxílio emergencial
TRAGICO ACIDENTE
Menino de 9 anos morre enforcado com corda de balanço