Menu
SADER_FULL
sexta, 30 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Fetems decide hoje se aceita proposta do governo do Estado

15 Mar 2007 - 04h24

A Federação dos Trabalhadores em Educação (Fetems) decide hoje às 9h30 em uma assembléia geral em Campo Grande, com delegados de 69 sindicatos da categoria de todo o Estado se aceita ou não a nova proposta do governo estadual para o pagamento da regência de classe, que seria feito a partir de maio, incidindo na folha de junho.

Desde que o governo apresentou a nova proposta, na noite de segunda-feira, os sindicatos estão discutindo um posicionamento. Na reunião de amanhã os delegados desses sindicatos repassarão a direção da federação a decisão dos professores de cada município.

A negociação entre a Fetems e o governo do Estado para o pagamento da regência começou na semana passada. A primeira proposta do Executivo Estadual, que foi rechaçada pelos professores, era de que o pagamento fosse feito a partir de julho, incidindo na folha de agosto.

A regência de classe – concedida a professor em exercício – foi prevista em legislação de 2004 e teria últimas parcelas repassadas a partir de fevereiro de 2007, totalizando 20% de reajuste. O governo alegou falta de verba para honrar o pagamento, que representa parcela mensal de R$ 2,8 milhões.

 

 

TV Morena

Deixe seu Comentário

Leia Também

TENTATIVA DE ESTUPRO
Vídeo mostra empresário assediando jovem na entrevista de emprego
PANE EM AVIÃO
'Sobrevivemos só com a água chuva', diz cantor de MT que ficou 24 dias na mata
PANDEMIA AINDA NÃO ACABOU
Pandemia avança e MS registra 555 novos casos de Coronavírus em apenas 24h
INCÓGNITA
Governo ainda não definiu como será o 13º de quem teve corte salarial
ANTICORPOS
Bebê nasce com anticorpos contra covid-19
Vítima contou violência sexual para a tia ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso é denunciado por estuprar filha de amigos e a enteada
FENÔMENO DA NATUREZA
Evento raro: Lua Azul poderá ser vista no Dia das Bruxas
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia