Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 5 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Fetems decide amanhã se aceita proposta do governo do Estado

14 Mar 2007 - 13h54

A Federação dos Trabalhadores em Educação (Fetems) decide amanhã às 9h30 em uma assembléia geral em Campo Grande, com delegados de 69 sindicatos da categoria de todo o Estado se aceita ou não a nova proposta do governo estadual para o pagamento da regência de classe, que seria feito a partir de maio, incidindo na folha de junho.

Desde que o governo apresentou a nova proposta, na noite de segunda-feira, os sindicatos estão discutindo um posicionamento. Na reunião de amanhã os delegados desses sindicatos repassarão a direção da federação a decisão dos professores de cada município.

A negociação entre a Fetems e o governo do Estado para o pagamento da regência começou na semana passada. A primeira proposta do Executivo Estadual, que foi rechaçada pelos professores, era de que o pagamento fosse feito a partir de julho, incidindo na folha de agosto.

A regência de classe – concedida a professor em exercício – foi prevista em legislação de 2004 e teria últimas parcelas repassadas a partir de fevereiro de 2007, totalizando 20% de reajuste. O governo alegou falta de verba para honrar o pagamento, que representa parcela mensal de R$ 2,8 milhões.

 

 

TV Morena

Deixe seu Comentário

Leia Também

VÍDEO - CAPIVARA BOA DE MERGULHO
Capivara boa de mergulho é flagrada em rio de MS, assista
CASO DE POLÍCIA
Patroa é presa sob suspeita de homicídio culposo após filho de empregada cair do 9º andar
LUTA PELA VIDA
Cantora gospel que morreu por coronavírus, fez vaquinha para pagar tratamento
ELEIÇÕES 2020
Vai ter eleição, TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano
BOA NOTICIA
Auxílio emergencial deve ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300
TRAGEDIA
Empregada vai passear com cachorro, deixa filho com patroa e menino morre ao cair de prédio
FUTEBOL
Clubes de futebol brasileiros se unem contra homofobia
ASSUSTADOR E REAL NO BRASIL
Com uma morte por minuto, Brasil registra 1.349 mortes por coronavírus nas últimas 24h, novo recorde
JULGAMENTO
TSE julga se cassa Bolsonaro e vice a partir de terça
AUXILIO DOENÇA
Como pedir concessão e prorrogação do auxílio-doença durante pandemia