Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 13 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
Brasil

Festival de Artes Marciais começa amanhã na Capital

17 Set 2004 - 15h23
Campo Grande (MS) - A partir deste sábado até o próximo dia 26, cerca de 1,5 mil atletas, com idade mínima de cinco anos, participam do II Megafestival de Artes Marciais e Lutas de Mato Grosso do Sul. A realização é do Governo Popular, através da Secretaria de Estado da Juventude e do Esporte e Lazer (Sejel), por intermédio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer) e em parceria com o Sindicato dos Árbitros Profissionais de Mato Grosso do Sul (Sindárbitros).

As competições acontecem em 11 modalidades, divididas em dois finais de semana: judô, caratê tokay-kan, kung-fu wushu, pugilismo e tae kwon-do, amanhã (a partir das 15 horas) e domingo (a partir das 8 horas); capoeira, jiu jitsu, caratê Oficial, kung-fu kuoshu, luta greco-romana e Pankration Athilima, nos dias 25 e 26 (a partir das 8 horas).

A primeira edição do Festival aconteceu há cinco anos como conseqüência do movimento pela Paz no Esporte. Não havia competições. Os representantes de cada modalidade apenas demonstravam os golpes e técnicas. Com o tempo o evento foi ganhando destaque e, desde o ano passado, quando passou a se chamar megafestival, reúne competições de várias modalidades de lutas e artes marciais. O resultado foi positivo e os 10 participantes de 2003, junto com a estreante Luta Greco Romana, fazem o Megafestival deste ano.

Muitas federações, como a de capoeira e tae kwon-do, vão aproveitar o evento para realizar campeonatos estaduais. Na opinião de Luiz Vanderlei Mota, presidente da Federação de Tae Kwon-do, o Mega festival é fundamental para a divulgação do esporte. “É uma oportunidade que temos de mostrar o trabalho que desenvolvemos na modalidade e atrair mais praticantes”, comentou ele.

Segundo a gerente do projeto, Isabel Cristina Barbosa do Carmo, estes são os objetivos do evento: “Nossas metas são incentivar e estimular o desenvolvimento e a integração dos participantes e atrair novos adeptos para o esporte porque as lutas e artes marciais ajudam no desenvolvimento físico e mental dos praticantes”.

No megafestival as lutas são simultâneas. Cada modalidade ficou com uma área reservada no Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, o Guanandizão. A fase classificatória acontece neste sábado e as finais no domingo pela manhã. A entrada é franca. Os três primeiros lugares de cada categoria ganham medalha. As academias melhor colocadas recebem troféu.
 
 
APn

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore