Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

Feira do Empreendedor recebe mais de 29 mil empreendedores

28 Jul 2010 - 11h10

As quase 300 atividades oferecidas durante a Feira do Empreendedor, do Sebrae, a participação de expositores e parceiros, atraíram diariamente mais de sete mil pessoas ao Centro de Convenções Albano Franco, de 22 a 25 de julho, em Campo Grande. Ao todo, passaram pelos 30 pontos de credenciamento do espaço, 29.115 visitantes de Campo Grande, do interior de Mato Grosso do Sul e de outros 11 estados brasileiros, além da Bolívia e do Paraguai.

Pelo site do evento, outros 14.700 internautas se cadastraram e acessaram o ambiente virtual como ferramenta para obter conteúdo direcionado e informações sobre empreendedorismo. Foram registradas visitas de pessoas de 25 países, com destaque para o Japão, Espanha, Estados Unidos, Portugal e o Paraguai. “Os resultados superaram as expectativas, conseguimos atrair nosso público-alvo, de empresários e pessoas com interesse em negócios”, avalia o diretor superintendente do Sebrae-MS, Cláudio Mendonça.

Mendonça confirma a efetividade das ações também para os expositores, já que muitos negócios foram fechados. “Tivemos a empresa que havia previsto cadastrar 30 representantes comerciais e conseguiu 150 credenciados, o empreendedor que é deficiente auditivo e fechou negócios, pois havia intérpretes para auxiliar nas negociações e o da pequena empresa que vai fechar contrato com um grande comprador e cujo valor significa o lucro de dois anos”, cita.

Na avaliação da coordenadora do evento, Thaíse Calaça, a diversidade de segmentos representados – foram 11 salões temáticos – contribuiu para o número elevado de visitantes. “A programação diversificada trouxe pessoas de diferentes setores. Ao mesmo tempo, tínhamos as salas de reparação automotiva e o espaço de beleza lotados, por exemplo”.

Segundo Thaíse, 93% dos municípios de Mato Grosso do Sul estiveram representados na Feira. “Recebemos 118 caravanas de negócios, com mais de quatro mil pessoas, de todas as regiões do Estado”, diz.  O cabeleireiro Olímpio da Silva Farias, de Sonora, foi um deles. Ele resolveu conhecer a Feira devido ao espaço “Show de Beleza”, realizado pelo Senac, com palestras, atendimento e consultoria sobre formalização e capacitação dos profissionais de beleza.

Outro público levado pelas caravanas foi o de produtores rurais, como Luis Snider, de Cassilândia, que participou das atividades do Salão de Agronegócios. “Estou trabalhando com a criação de abelhas desde o ano passado e queria conhecer mais sobre o setor, ver se posso apreender alguma coisa para utilizar na minha terra”, explica.

Mais de 800 formalizações

Entre as metas da Feira do Empreendedor este ano esteve a formalização empresarial. Por meio do empreendedor individual, 826 pessoas se legalizaram durante o período de evento, somando mais de oito mil empreendedores individuais em todo Mato Grosso do Sul.

Segundo o analista de políticas públicas, Jorge Tadeu Veneza, várias ações foram responsáveis por este resultado, desde o atendimento individual, a orientação via programa de rádio e todo o ambiente de atividades da Feira. “Num único dia tivemos 500 registros e se compararmos com a semana anterior à Feira, registramos um aumento de 60% nas formalizações. A expectativa é que tenhamos um volume muito maior nos próximos dias”, avalia.

O profissional autônomo, Anderson dos Santos Dias, é um destes casos. Esteve na Feira do Empreendedor em busca de capacitação e informações para melhorar os negócios. “Senti-me bem assessorado desde a entrada no evento, e os vários apelos durante o tempo que estive lá me mostraram possibilidades de melhorar meu trabalho”, expõe. “Pretendo legalizar meu negócio, me tornando um empreendedor individual”, conta.

A Feira do Empreendedor, realizada pelo Sebrae-MS, teve como patrocinadores: Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), Senar, Funar, Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Mato Grosso do Sul (OCB-MS/ Sescoop-MS), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Federação do Comércio de Bens e Serviços do MS (Fecomercio), Gol, Shopping Norte Sul Plaza, Sistema FIEMS, Banco do Brasil, Prefeitura de Campo Grande, Prefeitura de Dourados, Prefeitura de Três Lagoas e Governo do Estado de MS.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada