Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 28 de julho de 2021
Busca
Brasil

Fecomércio MS é pela investigação de denúncias de corrupção

9 Out 2010 - 11h10Por MS Notícias

Integrante do Fórum Permanente contra a corrupção, instância criada pela OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Mato Grosso do Sul) para cobrar a elucidação de denúncias de corrupção em Mato Grosso do Sul, a Fecomércio MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul), entende que é fundamental que toda a sociedade acompanhe as investigações e esteja a par dos resultados.

O consultor sindical da entidade, Fernando Camilo, ressalta que o comércio é um setor sensível a toda movimentação econômica e política. “A aplicação dos recursos públicos diz respeito a toda sociedade e nos afeta diretamente, porque o plano de investimentos do governo é desenvolvido dentro de um contexto de necessidades do Estado e dos municípios”, avalia.

O investimento correto do dinheiro público, seja na área de infra-estrutura ou social, melhora a qualidade de vida da população e isso se traduz no movimento do comércio, considerado termômetro da economia. Para Fernando Camilo, é papel das entidades representativas de classe acompanhar todo o processo para que a sociedade seja esclarecida sobre o que realmente procede das denúncias em apuração.

Nesta semana houve a segunda reunião do Fórum para tratar da peça publicitária que será divulgada na mídia do Estado. Ficou definida que a marca do movimento será "Corrupção mata". "A corrupção tira dinheiro da saúde, da educação e também mata as esperanças do povo", explicou o presidente da OAB/MS, Leonardo Duarte. "Mata o desenvolvimento de um modo geral", resumiu Fernando Camilo.

Representantes das entidades que integram o movimento capitaneado pela OAB irão se reunir todas as quartas-feiras na sede da Ordem para definir as estratégias de mobilização. A primeira reunião ocorreu no dia 29 de setembro, quando foi redigida uma carta aberta à sociedade.

Além da Fecomércio MS, manifestaram apoio à Comissão de Acompanhamento das Denúncias de Investigação, o Conselho Regional de Engenharia, Agronomia e Arquitetura, Conselho Regional de Odontologia, Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul, Conselho Regional de Economia de Mato Grosso do Sul, Conselho Regional de Medicina Veterinária, Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul, Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul, Câmara de Dirigentes Lojistas de Mato Grosso do Sul e Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da 14ª Região.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Em dia de aumento de casos Brasil tem 1.333 óbitos por Covid - 19 nas últimas 24 horas
CONCURSO PÚBLICO
Caixa Econômica convocará 9 mil de concursos e abre mais mil vagas
BRASIL - 550.502 MORTES
Covid-19: país ultrapassa 550 mil mortes e tem 19,7 milhões de casos
COVID 19 NO BRASIL
Brasil registra 19,68 milhões de casos de covid-19 e 549,92 mil mortes
Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
COVID 19 NO BRASIL
Brasil tem 1 órfão por covid a cada 5 minutos: 'Pensamos que crianças não são afetadas, mas sim
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica