Menu
SADER_FULL
sábado, 8 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
Brasil

Fazenda de Chapadão do Sul vai beneficiar mamona

19 Jul 2004 - 08h48
A fazenda Campo Bom, localizada em Chapadão do Sul, a 331 quilômetros de Campo Grande, vai beneficiar a mamona para produção de óleo, através de equipamento para moer o produto, colhido em caroço. O beneficiamento é um passo importante na agregação da valor ao produto que, em caroço, vale 20% menos na comercialização.
O equipamento está em fase de experimento e também poderá ser utilizada em Girassol, mamona e nabo. Caso seja aprovado a meta é a produção do óleo da mamona na fazenda e comercializado para a fabricação de seus derivados.
Ainda sobre a cultura da mamona, as informações são boas. Segundo agrônomos da empresa a lavoura é de fácil manejo, a meta de produção é bastante significativa em relação ao custo/beneficio e tudo leva crer que será mais uma opção de safrinha para os agricultores de Chapadão do Sul e também outra alternativa de rotação de cultura. Este ano a Fazenda Campo Bom plantou uma área de 200 hectares de mamona.
 
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE NO MS
JBS oferece 600 vagas de emprego em 6 cidades de MS
VACINA COVID 19
Bolsonaro diz que vacina contra covid deverá estar disponível em dezembro
FALSIFICAÇÃO
Nota falsa de R$ 200 começa a circular
REABERTURA DO COMÉRCIO
Brasil e Paraguai podem reabrir comércio na fronteira em 10 dias, diz ministro
REINFECÇÃO EM ALERTA
Novo coronavírus tem segundas novas ondas de reinfecção e acendem sinal de alerta
FÁTIMA DO SUL - DICA CIA DO BICHO
Saiba o que são rações terapêuticas, Cia do Bicho destaca vários tipos, confira
BRASIL - 96.326 MORTES
Brasil tem 2.817.473 casos de Covid-19, indica consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
EXPLOSÃO EM BEIRUTE
Libanês se emociona e diz: Parecia uma bomba atômica, que acabou com tudo
BORA PRA BONITO - MS
Crie laços com a natureza em Bonito, MS!
LUTO NO CIRCO
Palhaço mais velho do Brasil morre aos 77 anos vítima de coronavírus