Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 26 de maio de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Fani é eliminada do Big Brother com 89% dos votos

14 Mar 2007 - 07h25

A carioca Fani deixou a disputa pelo prêmio de R$ 1 milhão na noite desta terça-feira, quando recebeu 89% dos votos. Ela enfrentou Diego Alemão na votação.

Antes de ser eliminada, Fani ficou histérica ao ver a família. A loira só ficou triste ao saber que a mãe, que tem problemas de saúde, não pôde comparecer ao paredão.

O último paredão formado apenas por elementos do triângulo foi arquitetado no domingo. Alberto indicou Fani com o voto do líder. Na votação da casa, Diego e Airton empataram, com três votos cada. O líder desempatou, montando o paredão que ele queria ver há tempos na casa.

Diego volta de seu quarto paredão, o terceiro consecutivo, e é considerado pelos confinados como um forte favorito ao prêmio máximo do programa.

Passeio
Antes do anúncio da eliminação, foi mostrado o passeio de helicóptero de Diego e Fani pelo Corcovado. Diego classificou a experiência como a "coisa mais linda de sua vida".

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - COVID-19
Pandemia faz empresas demitirem 29% dos funcionários do setor de turismo de Bonito (MS)
VITIMA DA COVID 19
'Mãe' de Jojo Todynho morre de Covid-19
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Dia dos Namorados é no O Boticário, confira o catálogo digital, entrega em casa em Fátima do Sul
COVID-19
Dois integrantes da banda de Zezé Di Camargo e Luciano testam positivo para coronavírus
FEMINICIDIO
Filha de 12 anos faz homenagem para vítima de feminicídio: 'te amarei para sempre'
ELEIÇÕES 2020
Líderes municipalistas confirmam inviabilidade das eleições 2020
INACREDITÁVEL
Cadeirante mudo assalta joalheria com arma nos pés; assista ao vídeo
BRASIL - 22.666 MORTES
Brasil tem mais 653 mortes, e vítimas da covid-19 no país chegam a 22.6
EMOCIONANTE - VIDEO
Esposo toca sanfona para esposa no hospital após ela receber alta de covid-19
ELEIÇÕES 2020?
Talvez seja inevitável adiar eleições municipais, diz Barroso