Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 18 de junho de 2021
Busca
Brasil

Falta de atendimento gera tumulto no Hospital da Mulher em Dourados

8 Jan 2010 - 09h26Por Dourados News
A demora no atendimento a uma criança indígena recém-nascida, moradora na aldeia Taqueperi, no município de Coronel Sapucaia, na fronteira com o Paraguai, gerou um grande tumulto na noite de ontem, no Hospital da Mulher, de Dourados.

Segundo informações da mãe da recém-nascida Cleide Gomes Moreira, eles foram encaminhados para o Hospital da Mulher, ontem, por volta das 15 horas, onde chegaram , às 18 horas, com número de senha da central de vagas. Até às 21h30 a criança, que apresentava quadro de Broncopneumonia, convulsões e insuficiência respiratória aguda, ainda permanecia no interior da ambulância aguardando atendimento.

Revoltada a população que estava no local retirou o bebê do carro e colocou no chão em frente a recepção da unidade hospitalar e, só com a intervenção do Conselho Indígena de Saúde, Conselho Tutelar e Ministério Público fez com a criança fosse atendida e fosse internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), considerando a gravidade do estado de saúde.

O promotor Paulo César Zeni, pediu em entrevista à Rádio Grande FM, que a população denuncie todos os casos negligência no atendimento público de saúde, para que o ministério público posse tomar providências e punir os responsáveis, que são obrigados a cumprir determinação federal de gratuidade na saúde público, a todos, indistintamente.

A direção do Hospital da Mulher, nem a Secretaria Municipal de Saúde ainda não se pronunciaram sobre o caso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado
ANTECIPAÇÃO
Governo antecipa pagamento de parcelas do auxílio emergencial