Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Falso testemunho poderá ocasionar prisão em flagrante

3 Nov 2009 - 13h25Por Diário MS
A Delegacia da Polícia Federal de Dourados, preocupada com as constantes comunicações de crime de falso testemunho perante a Justiça do Trabalho, na tarde de 28 de outubro informou aos Juizes do Trabalho de Dourados que passará a se valer da Prisão em Flagrante para punir as testemunhas que, em audiências da Justiça do Trabalho, flagrantemente estejam prestando depoimento viciado, seja ele espontaneamente ou instruído por terceiros, e pediu aos magistrados que, tão logo identifiquem na audiência, que a testemunha está mentindo, avisem a Polícia Federal que irá até o Fórum da Justiça Trabalhista e lavrará o Auto de Prisão em Flagrante.
  
Até o momento, a instauração de inquérito e indiciamento das testemunhas não tem sido suficiente para inibir as práticas atentatórias à Justiça. Uma vez preso em flagrante, a testemunha será encaminhada ao presídio local (PHAC) onde poderá aguardar eventual arbitramento de fiança pela Justiça Federal.

Leia Também

ABUSO SEXUAL
Meninas escutam mãe contando de abuso sexual e fazem relato chocante sobre tio-avô
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 24.934 novos casos de Covid-19
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Jovem morre após ser atingido por avião agrícola pilotado pelo pai
TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai, mãe e três filhas morrem em capotamento de caminhão
BIG BROTHER
Saiba quem foram os ex-BBBs que já morreram; 3 estiveram no BBB9
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 87,4 mil casos e 133 mortes em 24 horas
HOMICIDIO EM SÉRIES
Bandido que comia olhos, orelhas e bebia sangue de vítimas é preso