Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 9 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
Brasil

Facilidades do ensino à distância atraem mais alunos em MS

30 Mai 2007 - 05h15

Fazer faculdade sem precisar sair de casa. Isso é possível com os cursos à distância, um setor que não pára de crescer no país. Nos últimos sete anos as aulas virtuais viraram mania nas principais universidades do Estado. Em Campo Grande não é diferente. Desde 2000, as três principais universidades têm aumentado a oferta desse tipo de curso.

 

O conceito é simples: uma universidade inteira na tela do computador. Com apenas um click, Miriam da Silva Umberlino assiste aulas, lê livros e faz atividades que antigamente só poderiam ser realizadas na sala de aula com a presença de um professor. O ensino à distância é método que a dona-de-casa escolheu para cursar a faculdade de administração e, quem sabe, no futuro entrar no mercado de trabalho.

 

“É poder estar em casa, estudar em um horário que mais convêm e também não ter que vir todos os dias na universidade, que ficaria mais difícil como eu sou mãe e dona-de-casa”, diz Miriam.

 

O tempo é o fator que mais interfere na escolha deste tipo de curso. Outra vantagem é o valor da mensalidade, geralmente de 30% a 40% mais barato que os cursos convencionais. Mas nem tudo é tão fácil como parece. “O aluno tem que se disciplinar, organizar o seu tempo, e ele tem que praticamente estudar sozinho”, diz o coordenador do ensino à distância da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

 

Em abril de 2000, quando foi implantado, eram apenas 100 alunos no ensino à distância da UFMS. Hoje são 1.600, e 400 alunos já formados. A previsão é que em outubro sejam abertas mais 2.200 vagas. Para conseguir uma delas, é preciso passar pelo vestibular, da mesma forma do convencional. O estudo é realizado pela internet, e dúvidas podem ser tiradas pelo telefone ou até mesmo pessoalmente nos pontos de apoios, conhecidos como Pólos de Atendimentos Presenciais. As avaliações obrigatórias pela legislação brasileira também são feitas nesses pólos.

 

Na Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) os professores gravam novas aulas pelo menos três vezes por semana. O professor José Francisco Sarmento Nogueira explica que o material é editado no computador e o aluno pode acessar da casa dele na hora que quiser.

 

A Uniderp implantou a metodologia no segundo semestre de 2005, com o nome de Uniderp Interativa. No início eram 1.700 alunos. Hoje são mais de 14 mil espalhados por todo o país. Os professores também dão aulas simultâneas via satélite e dúvidas são tiradas ao vivo, de qualquer localidade. Para o diretor Edinilson Guioti, é a oportunidade da universidade chegar a lugares onde não conseguiria se instalar.

 

 

Expansão nacional

 

De acordo com a Associação Brasileira de Educação à Distância, o número de estudantes de cursos à distância credenciados pelo Ministério da Educação (MEC) cresceu mais de 100% nos últimos dois anos, de 310 mil alunos, subiu para 780 mil. O avanço da tecnologia é o que mais contribui para o crescimento desse setor. Alguns cursos, por exemplo, oferecem até vídeos explicativos pela internet.

 

O método de ensino à distância é aplicado hoje em cerca de 80 países. Aqui no Brasil, a região Sul lidera o ranking com aproximadamente 260 mil alunos. Em segundo lugar vem o Sudeste, com mais de 240 mil. Em terceiro aparece a região Centro-Oeste com quase 140 mil estudantes.

 

As instituições que querem oferecer o ensino de graduação à distância devem obter junto à Secretaria de Educação Superior do MEC o credenciamento e autorização para tal. Uma vez autorizada, a universidade pode oferecer cursos utilizando vídeo, internet, impressos e outras mídias.

 

 

 

RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Entenda como o Paraguai tem 66 mortes por Covid-19 e o que MS deveria aprender
AUXILIO EMERGENCIAL
Apesar da falta de recursos, governo avalia prorrogar Auxílio Emergencial
OPORTUNIDADE NO MS
JBS oferece 600 vagas de emprego em 6 cidades de MS
VACINA COVID 19
Bolsonaro diz que vacina contra covid deverá estar disponível em dezembro
FALSIFICAÇÃO
Nota falsa de R$ 200 começa a circular
REABERTURA DO COMÉRCIO
Brasil e Paraguai podem reabrir comércio na fronteira em 10 dias, diz ministro
REINFECÇÃO EM ALERTA
Novo coronavírus tem segundas novas ondas de reinfecção e acendem sinal de alerta
FÁTIMA DO SUL - DICA CIA DO BICHO
Saiba o que são rações terapêuticas, Cia do Bicho destaca vários tipos, confira
BRASIL - 96.326 MORTES
Brasil tem 2.817.473 casos de Covid-19, indica consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
EXPLOSÃO EM BEIRUTE
Libanês se emociona e diz: Parecia uma bomba atômica, que acabou com tudo