Menu
SADER_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

F. do Sul não registra pedidos de impugnação de campanha

17 Jul 2004 - 10h30
Na 4ª Zona Eleitoral, em Fátima do Sul, município que fica a 242 quilômetros de Campo Grande, não foram registrados pedidos de impugnação de campanha. A informação é da chefe de cartório Josefa Lopes de Souza.

O mesmo aconteceu nas ZE de Três Lagoas e Dourados, segundo maior colégio eleitoral de Mato Grosso do Sul. Em Ponta Porã, foram registrados dois pedidos, em Campo Grande até ontem, oito pedidos de impugnação foram analisados pela Justiça Eleitoral, e em Amambai foram feitos dez pedidos de impugnação.

O prazo para entrar com pedido de impugnação junto a Justiça Eleitoral termina nesta sábado às 17h. “Alguns candidatos também receberam prazo até amanhã para regularizar a documentação. Tivemos casos em que os candidatos não reconheceram firma ou não comprovaram escolaridade”, explicou a chefe de cartório.

A 4ª ZE abrange além de Fátima do Sul, os municípios de Vicentina e Jateí. As três cidades somam 22.002 mil eleitores, com 83 seções e 16 locais de votação.
 
 
 
 
 
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada